Na próxima terça-feira o Paris Saint-Germain terá pela frente o Manchester City, na Inglaterra, onde precisará vencer por uma diferença superior a um gol se quiser avançar a mais uma decisão de Liga dos Campeões. Mbappé não foi a campo na difícil vitória de sábado, sobre o Lens, pelo campeonato francês, liderado pelo Lille, que em seguida derrotou o Nice.

Não, o mais caro time da França não depende apenas dele para chegar ao título nacional mais uma vez. Terá que vencer seus jogos e torcer contra o surpreendente líder. E nesses momentos de dificuldade nas diferentes competições que disputa, o PSG obviamente espera que seu mais caro e relevante jogador seja um ponto (positivo) de desequilíbrio.

Não foi uma atuação soberba nos 2 a 1 deste sábado, mas Neymar jogou bem, fez gol, deu assistência, criou. Sem o maior protagonista do time na temporada, coube ao brasileiro assumir o jogo, o que ele fez. E terá que ir além, jogar mais ainda, diante do conjunto de Pep Guardiola, quando deverá ter a companhia de Mbappé e Di María, que também não atuou sábado.

Quando contratado pelo clube parisiense com a chancela de seus proprietários, o Catar, Neymar custou incríveis 222 milhões de euros pagos ao Barcelona, montante que o transformou em mais caro jogador da história do futebol. E quando alguém investe tanto em um atleta, evidentemente espera que ele seja especial, diferente, vá além do "normal".

As boas atuações do camisa 10 em partidas recentes, quando voltou de lesão, de fato aconteceram. Mas ainda não atingiram um patamar que, provavelmente, terá que alcançar para que sua equipe supere o City. O cotejo diante do Lens foi um bom ensaio, mas os holofotes serão ainda mais intensos sobre ele em Manchester. Um desafio e tanto.

E também uma oportunidade. Sim, porque é em jogos assim que os craques podem mostram que o são. Inverter um placar desfavorável, fora de casa, diante de um dos melhores times do mundo seria o feito gigantesco esperado. Que ficará menos complexo se Neymar estiver acompanhado da dupla que não foi a campo no fim de semana.

Participe da conversa!
0