O Fortaleza perdia por 2 a 0 para o São Paulo, no Morumbi, até os 39 minutos do segundo tempo. Buscou o empate, voltou ao Ceará para jogar em igualdade de condições, abriu 3 a 0 e fechou a partida de volta em 3 a 1, com um placar agregado de 5 a 3. Categórico.

Com 102 anos de história, o Leão do Pici jamais havia ido tão longe em uma competição nacional de primeiro nível. Está nas semifinais da Copa do Brasil, competição na qual o máximo que havia alcançado era a fase anterior, as quartas de final. Histórico.

Como duvidar da capacidade do time de Juan Pablo Vojvoda diante do Atlético, que derrotou na abertura da Série A, de virada (2 a 1), em Belo Horizonte. Perdeu domingo passado em casa, fato. Mas no primeiro tempo o Galo sequer conseguiu finalizar no gol.

Claro que o Fortaleza é o azarão contra os mineiros, que passaram pelo Fluminense (1 a 0, como na ida, no Rio de Janeiro) sem fazer grande partida. Mas a solidez do time comandado pelo argentino permite, sim, que o clube nordestino sonhe com a ida à decisão do mata-mata.

Flamengo eliminou o Grêmio e pegará Athletico. Foto: Estadão Conteúdo.
Flamengo eliminou o Grêmio e pegará Athletico. Foto: Estadão Conteúdo. | ESTADÃO CONTEÚDO

Sonhar é, também, o objetivo do Athletico, que passou pelo Santos da mesma forma, vencendo pela contagem mínima na ida e na volta. O problema do Furacão não está na Copa do Brasil, mas nas seis derrotas e um empate em suas últimas sete aparições no Campeonato Brasileiro.

Até porque o adversário será tão complicado quanto o do Fortaleza. O Flamengo, que duelará na semifinal com o Athletico, fez 6 a 0 no Grêmio na soma dos resultados. Há dez jogos, por sinal, não perde para o time gaúcho. Qual a melhor estratégia para o time de Paulo Autuori?

Em 2019, por sinal, os Furacão eliminou, nos pênaltis, o Flamengo de Jorge Jesus, que estreou no futebol brasileiro justamente na partida de ida, em Curitiba. No ano passado os rubro-negros do Rio levaram a melhor. Será o terceiro confronto em três anos na Copa do Brasil.

Participe da conversa!
0