Oscar de la Hoya estava escalado para enfrentar Vitor Belfort na luta principal do Triller, neste sábado, na Califórnia. Porém, o ex-pugilista testou positivo para a Covid-19 e acabou sendo substituído, surpreendentemente, por Evander Holyfield, um mito do boxe.

Entretanto, a lenda, que fez história na nobre arte, está com 58 anos. Mesmo apresentando boa forma física, acaba sendo um risco o seu retorno aos ringues contra um atleta 14 anos mais jovem. Com isso, a Comissão Atlética da Califórnia vetou o evento.

A organização agiu rápido e levou toda a sua estrutura para a Flórida, que possui regras mais brandas.

Evander Holyfield em situação delicada

Pelas redes sociais, é normal o cara publicar imagens de seu "shape". E, de fato, Holyfield mostra boa forma aos 58 anos. Mas, os vídeos promocionais e recentes entrevistas do americano têm mostrado que a situação não é das melhores. Em um papo com o site MMA Fighting, o ex-pugilista não consegue nem se expressar direito.

Pesos-pesados do boxe já tiveram sérios problemas ao longo de suas vidas por conta dos impactos dos golpes sofridos durante suas carreiras. Agora, eu te mostro abaixo o treino aberto promovido pelo Triller nesta semana. Se liga na movimentação lenta de Holyfield.

Vitor Belfort é amplo favorito

Sendo 14 anos mais jovem e mais leve que o seu oponente, Vitor Belfort é amplo favorito para a luta principal do Triller. Vale destacar que Holyfield não luta desde 2011, enquanto o brasileiro esteve no UFC pela última vez há apenas três anos.

Participe da conversa!
0