O irlandês Conor McGregor, uma das grandes estrelas do UFC 264 deste sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos, rechaçou a possibilidade de ter contraído uma infecção no braço, após ter se machucado sem gravidade nos últimos dias.

+ Veja tudo sobre o mundo das lutas

Em resposta a um seguidor no Twitter, o Notorious ironizou, como de praxe. "Não. Tenho apenas cotovelos maléficos que danificam cérebros", escreveu o irlandês, negando a suposta infecção.

Conor McGregor faz a luta principal do próximo evento do UFC contra o americano Dustin Poirier. Será o terceiro combate entre os dois. No primeiro, o irlandês levou a melhor, em 2014. No último encontro, Poirier venceu.

Participe da conversa!
0