A polonesa Karolina Kowalkiewicz abriu o jogo, em entrevista ao site MMA Rockz, e revelou estar sofrendo de depressão, após ter sofrido quatro derrotas consecutivas no UFC.

Com 12 vitórias e seis derrotas na carreira, a atleta não luta desde fevereiro do ano passado, quando foi derrotada pela chinesa Yan Xiaonan. Anteriormente, ela já havia tropeçado contra Alexa Grasso, Michelle Waterson e a paranaense Jéssica Bate-Estaca.

Tudo sobre o mundo das lutas

"Eu me cortei, me queimei, cheguei a tomar remédios e acordei no hospital. O que me salvou é a paixão que eu tenho por esse esporte", disse a polonesa ao site gringo.

Karolina revelou ainda que pretende retornar ao octógono em abril e que irá realizar seu camp nos Estados Unidos, com a equipe de Rose Namajunas.

Participe da conversa!
0