A situação do catarinense Júnior Cigano, 36 anos, ficou mais complicada dentro do UFC. Após ser nocauteado pelo francês Ciryl Gane, no último fim de semana, pelo UFC 256, o ex-campeão peso-pesado acumulou quatro derrotas consecutivas e o presidente da organização, Dana White, admitiu que existe a possibilidade do veterano sair do plantel da companhia.

"Possivelmente [foi a última luta de Cigano no UFC]", limitou-se a dizer Dana White. Todos os tropeços recentes do brasileiro foram por nocaute. O peso-pesado ainda não se pronunciou após a derrota para Ciryl Gané.

Tudo sobre o mundo das lutas

Participe da conversa!
0