Após a conquista do cinturão peso-pesado, o camaronês Francis Ngannou tem sido o principal alvo do ex-campeão meio-pesado Jon Jones. No entanto, a negociação ainda parece longe de um capítulo final. Na última segunda-feira, foi a vez do técnico do norte-americano se pronunciar sobre o possível combate.

Em entrevista ao Submission Radio, Mike Winklejohn ressaltou que a luta entre os dois valeria algo em torno do que o pugilista Floyd Mayweather recebe em seus duelos no boxe. "Eu acho que essa luta pode ser facilmente tão [grande quanto] algumas das grandes lutas de Mayweather por aí", disse o treinador, sugerindo o pagamento de cerca de R$ 285 milhões pelo duelo.

"Acho que o UFC precisa de um superstar como Jon Jones. Acho que Conor [McGregor] foi o cara por um tempo, e ele caiu. Mas esses grandes nomes é o que faz o dinheiro do UFC", ressalta Winklejohn.

Nos últimos dias, Jon Jones e o presidente do UFC, Dana White, têm trocado farpas pelas redes sociais por conta das negociações para que esta luta, de fato, aconteça.

Participe da conversa!
0