O nigeriano Kamaru Usman manteve o cinturão dos meio-médios ao nocautear o carioca Gilbert Burns, aos 34 segundos do terceiro round, na madrugada deste domingo, pelo UFC 258, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O resultado mostra a hegemonia do atleta na categoria, que chega a 18 vitórias em sua carreira, com apenas um revés.

Por outro lado, a vitória do nigeriano interrompe uma sequência de seis vitórias consecutivas do brasileiro, que vinha de um triunfo sobre o ex-campeão dos meio-médios, o norte-americano Tyron Woodley. Ao final do combate, Burns chorou bastante e foi consolado por Usman.

Gilbert Burns tem começo eletrizante, mas sofre com jabs

Gilbert Burns iniciou o confronto com um belo cruzado, que fez Kamaru Usman dobrar as pernas logo de cara. O brasileiro, no entanto, se desequilibrou e acabou ficando no chão, dando mais gás ao nigeriano. Nos segundos finais, o carioca ainda conseguiu uma boa sequência, vencendo o round.

No segundo round, Usman conseguiu desferir bons jabs, que castigaram o brasileiro. O nigeriano foi pra cima e teve mais controle do combate. Burns chegou a ir para o solo nos últimos segundos, sentindo o bom momento do rival.

Já no terceiro assalto, o campeão conectou uma bomba de direita, que levou o brasileiro ao chão. Usman partiu pra cima e só terminou o serviço.

Participe da conversa!
0