A aguardada estreia de Fabrício Werdum no octógono da Professional Fighters League (PFL) acontece nesta quinta-feira (6) em Atlantic City, nos Estados Unidos. O ‘Vai Cavalo’ terá como adversário outro  brasileiro, o goiano Renan ‘Problema’ Ferreira. A luta terá transmissão pelo canal Combate a partir das 16h30 (horário de Brasília).

Considerado o favorito da competição, Werdum está nos Estados Unidos desde o final de fevereiro para fazer a preparação com a sua equipe composta pelo treinador curitibano Rafael Cordeiro, Cobrinha e Rômulo Barral.

Embora tenha uma diferença de 15 cm de altura entre o lutador e o adversário, o fator não deve ser decisivo na luta, pois Werdum contratou o mexicano Dante ‘Tarantula’ Ceja (2,10m) para treinar com ele e se preparar para a diferença de tamanhos. A envergadura é um ponto importante que o ‘Vai Cavalo’ treina diariamente para ser campeão.

Com um cartel de lutas menor, Renan tem seis vitórias e duas derrotas. Já Werdum tem 24 vitórias, um empate e nove derrotas na carreira. “Não conhecia o Renan, não o acompanhava, mas sei que ele tem um jiu jitsu muito bom, um boxe bem apurado. Ele não é de chutar muito, mas tenho que ter cuidado com ele sim”, comenta o lutador.

Para que a luta aconteça de forma segura para os atletas e para as equipes, a PFL adotou medidas rígidas de segurança. Todos passarão por uma bolha de 17 dias em um hotel na cidade da competição e farão testes para o coronavírus de duas a três vezes na semana.

“É muito importante para nós atletas esse cuidado que a organização está tendo. Não sabemos ainda se será com ou sem público presente. E se for com público presente, será com um número bem reduzido. Faz falta a torcida, mas precisamos dessa segurança no momento”, diz Werdum.

Participe da conversa!
0