Foto de perfil de Direto do Octógono

Direto do Octógono

Ver mais
Subindo

Dhiego Lima busca continuar em ascensão nos meio-médios pelo UFC 258

Dhiego Lima tenta engatar a quarta vitória consecutiva.
Dhiego Lima tenta engatar a quarta vitória consecutiva.| Foto: Divulgação/UFC
  • Por Diogo Souza
  • 12/02/2021 15:29

Nos últimos anos, o goiano Dhiego Lima, 32 anos, tem chamado a atenção no UFC. Após um início amargo na organização, com duas derrotas, o brasileiro engatou três vitórias consecutivas que lhe deram moral dentro da categoria dos meio-médios.

Neste sábado, a partir das 20h30 (horário de Brasília), Lima espera continuar em ascensão já que enfrenta o 13º colocado do ranking, o americano Belal Muhammad. "É um cara duro, mas estou confiante que ganhando dele eu entro no ranking. Na próxima já pensamos em top 10, top 5 e aí vai", destaca o goiano ao Direto do Octógono.

Dhiego Lima encarou "guerra" em 2020

Se as temporadas de 2018 e 2019 foram espetaculares para o brasileiro, o mesmo não pode ser dito do ano passado. Dhiego Lima conviveu com inúmeras dificuldades, como lesões, cirurgias, Covid-19 e o adiamento de combates.

"2020 foi guerra. Ia começar lutando, mas acabei fazendo a cirurgia no pescoço. Nem sabia se ia lutar outra vez. Acabei fazendo também uma cirurgia na mão, demorei a voltar e quando voltei, peguei Covid-19. Fiquei muito mal, 14 dias de cama. Foi difícil. Mas aqui estamos, Deus me ajudou muito", relembra o brasileiro.

Tudo sobre o mundo das lutas

Dhiego Lima enfrenta Belal Muhammad na penúltima luta do card preliminar. A tendência é que o confronto aconteça por volta das 22h45 (horário de Brasília).

Participe da conversa!
0

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.