Após a confirmação do seu próximo compromisso dentro do UFC, diante do russo Islam Makhachev, em outubro, em Abu Dhabi, o paulista Charles do Bronx já mira o futuro, prevendo não ter dificuldades contra o seu próximo rival.

"Vencendo essa luta, a ideia da minha equipe é sair de lá já com a proposta de lutar no Brasil pelo cinturão com o Volkanovski", disse o brasileiro ao canal PVT, se referindo ao campeão peso-pena Alexander Volkanovski, que já propôs uma superluta.

+ Tudo sobre o mundo das lutas

Sobre o seu próximo adversário, Charles do Bronx destacou o seu histórico dentro da organização e que não escolhe rival.

"Não escolho luta. Se ele quiser me levar para baixo, pode vir. Se quiser que eu comece a luta no chão fazendo guarda para ele eu faço. Deito no chão e faço. Eu sou o maior finalizador da história do Ultimate. Não estou lá para brincar. Eu sou problema dessa divisão, tenho poder de fogo nas mãos", frisou.

Participe da conversa!
0