Foto de perfil de Cristian Toledo

Cristian Toledo

Ver mais
Opinião

CRB x Paraná: acima de tudo, veio a vitória do Tricolor

CRB x Paraná
Higor Meritão é festejado por Jean Victor e Thiago Alves. CRB x Paraná terminou com final feliz para o Tricolor.| Foto: Douglas Ara/Estadão Conteúdo
  • PorCristian Toledo
  • 17/12/2020 23:27

CRB x Paraná foi enfim o último ato da agonia tricolor. Esperamos todos que seja. Com um time mais arrumado na defesa e eficiente nos contra-ataques, a vitória veio - 2x0, na noite desta quinta-feira (17), em Maceió. Foi um triunfo do técnico Gilmar dal Pozzo, que arrumou a marcação, e da luta dos jogadores. Apesar de carências técnicas notórias, ninguém deixou de correr. E eles tiraram o Paraná Clube da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro.

Apesar de ter tido uma conduta defensiva muito boa, o mais importante no momento para o Tricolor é vencer. Chegou-se a um momento na temporada em que acima de tudo é preciso somar três pontos. Por isso, por mais que não seja o "time dos sonhos" ou o jeito que se goste de ver futebol, o Paraná Clube tem que fazer sua parte. Em Maceió, isto aconteceu.

CRB x Paraná: os times

O Tricolor mais uma vez ia com uma formação defensiva. Enfim com a zaga ideal, com Renan, Paulo Henrique, Rafael Lima, Fabrício e Jean Victor, havia ainda os três volantes, com Luan se somando a Karl e Higor Meritão. E Thiago Alves seria o principal responsável por municiar Andrew e Bruno Gomes - este voltando ao time. Andrey voltava para o banco e Jhony também.

Pra mim não há nenhum motivo que justifique a ausência de Jhony como titular do Paraná Clube. Ele é, de longe, o melhor volante do elenco. Só haveria uma razão aparente, mas que espero que não seja a real - o fato de ele ainda não ter renovado contrato com o Tricolor, como UmDois noticiou no início da semana. Do lado do CRB, uma legião de 'ex-paranaenses': Reginaldo, Thalisson Kelven, Igor, Wesley, Carlos Jatobá, Luidy e Iago (este no banco de reservas).

Bola rolando

A postura do Paraná era igual à da partida contra o América-MG. Todo o time retornava para o campo de defesa para marcar o CRB, incluindo Bruno Gomes. Mas a eficiência ofensiva já foi diferente no primeiro chute a gol. Higor Meritão fez ótima jogada e mandou no cantinho para abrir o placar. Com a 10, fez um gol que Renan Bressan assinaria.

Com a vantagem, a estratégia tricolor cabia ainda mais. Gilmar dal Pozzo apostava no fortalecimento da defesa com a presença de mais jogadores marcando - uma solução justificável, mesmo com os riscos embutidos nela. No caso deste CRB x Paraná, no primeiro tempo funcionou muito bem. Com as linhas compactas formando um cinturão defensivo, os alagoanos ficavam presos e criavam pouco.

Os donos da casa tinham mais posse de bola, trocavam e acertavam mais passes e tinham mais escanteios. Mas era o Tricolor que estava na frente, com espaço para contra-atacar e com uma consistência defensiva que não se via há um bom tempo. Para manter esse nível de competição, o técnico paranista decidiu voltar do intervalo com Gabriel Pires no lugar de Andrew - o meia fez essa função de extrema marcador nos tempos de Allan Aal.

Um longo segundo tempo

O CRB também fez mudanças no intervalo, botando o time ainda mais no ataque. Com Bill pela esquerda, os alagoanos começaram a encontrar espaço para jogar. Gilmar dal Pozzo tentou prender os zagueiros colocando Bruno Lopes no lugar de Bruno Gomes, e tirou o lesionado Karl para colocar Jhony. E logo depois sacou Meritão para colocar Kaio. Era a hora de trancar a casinha.

O Paraná Clube se defendia bem, mesmo que o segundo tempo parecesse uma eternidade para os tricolores. Os 51 minutos demoraram umas duas horas. Ou, melhor dizendo, 41 minutos demoraram a passar. Depois que Jhony fez um golaço, tudo ficou mais tranquilo. O mais importante foi conquistado. Vencer, neste momento, é a única coisa que garante a permanência da equipe na Série B. Venha do jeito que vier.

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.