Foto de perfil de Cristian Toledo

Cristian Toledo

Ver mais
Anestesiado

A uma semana da eleição, Coritiba empurra futuro com a barriga

Coritiba
O Couto Pereira espera o seu novo presidente. E o Coritiba vive um período de anestesia.| Foto: Arquivo Gazeta do Povo
  • PorCristian Toledo
  • 22/12/2020 12:14

Daqui a exatos sete dias o Coritiba enfim conhecerá o seu presidente para os próximos três anos. Será o último ato de uma campanha triste, desanimada, que teve momentos de baixo nível mas que agora entrou em ponto morto. É como se o futuro do clube - com o presente junto - fosse empurrado com a barriga por mais uma semana.

Nenhum dos três candidatos detalhou os planos imediatos para o Coxa. Não há uma prévia do que será feito a partir do dia 30, com ainda onze jogos a serem jogados no Campeonato Brasileiro e as chances matemáticas para escapar do rebaixamento. Haverá troca de treinador? Paulo Pelaipe será mantido? O elenco já será modificado, contando mais com quem fica do que com quem vai embora em fevereiro?

O símbolo desse momento é o lateral William Matheus. (nota: a partir de agora o texto foi atualizado com a informação da manhã) Apenas a nove dias do final de seu contrato, houve a confirmação de que o capitão do Coritiba não vai ficar. Foi tentada uma negociação? O Coxa decidiu que ele não fica ou ele pediu para não enfrentar o Atlético-MG no sábado (26)? Se estava tudo encaminhado, por que ele seguiu como capitão do time?

E o Coritiba de 2021?

Sobre o que acontecerá a partir de fevereiro, então, nada. O Coritiba precisava ter um planejamento "de estado", e não "de governo". Quer dizer, não dá pra vir uma gestão e apagar tudo que a anterior fez, e a seguinte fazer a mesma coisa. Haveria de ter uma linha-mestra, um plano-piloto, qualquer que seja o nome que você queira dar.

Mas os três candidatos têm visões bem diferentes, o que inviabiliza o planejamento do Coritiba para as próximas temporadas - sim, não apenas para o ano que vem. O clube precisa ser discutido de verdade, pensado de verdade. Necessita de ações para agora e para o futuro. Quem vai fazer isso?

Eleiçã0 no Coritiba
João Carlos Vialle, Renato Follador e Samir Namur, os três candidatos à presidência da eleição no Coritiba.| Albari Rosa/Arquivo, Antonio More/Arquivo e André Rodrigues/Arquivo
Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.