Paraná chegou

Em partida muito bem disputada por Paraná e Londrina, na Vila Capanema lotada, o tricolor conseguiu a vitória nos estertores do tempo regulamentar através de um golaço do meia ponta-de-lança Renatinho.

O jogo foi intenso desde o início com as duas equipes demonstrando vontade de vencer, atacando e procurando a marcação do gol por todos os meios.

O Londrina abriu a contagem com Artur, mas logo o Paraná igualou com Vitor Feijão. Rigoroso equilíbrio na maior parte da disputa confirmando que os times se equivalem tecnicamente apesar do maior número de pontos obtido pelo Paraná na soma geral da classificação do campeonato.

O gol espetacular de Renatinho coroou a sua performance assim como premiou o esforço da equipe e a presença maciça dos torcedores que comemoram ruidosamente o triunfo.

O Paraná chegou ao G4 e muito provavelmente o interino Matheus Costa seja confirmado no comando até o final da temporada. Ele conta com a simpatia de todos e o apoio dos jogadores, além de mostrar qualificação profissional como treinador.

LEIA MAIS: Marketing, dinheiro, patrimônio…Pouco importa sem resultado em campo 

 

Aconteceu a virada

Se no clássico Atletiba o Furacão não conseguiu a virada e teve de se contentar com o empate jogando na Arena da Baixada, frente ao Fluminense aconteceu a virada no placar.

Depois de um primeiro tempo tecnicamente pobre, durante o qual o Atlético revelou absoluta falta de criatividade e lentidão, nos instantes finais o Fluminense abriu o escore. Henrique Dourado aproveitou a bola cruzada sobre a área e a saída em falso do goleiro Weverton para marcar de cabeça.

Na etapa final com a substituição do lento Lucho González pelo jovem Matheus Rossetto o time de Fabiano Soares melhorou e marcou os três gols que lhe garantiram a vitória.

No primeiro, Nikão cavou uma falta na entrada da grande área e Felipe Gedoz cobrou com competência; no segundo, Sidcley serviu Ribamar que, em vez da trave, acertou o gol; no terceiro, Jonathan aproveitou uma sobra e finalizou com categoria.

Foi um triunfo reabilitador para os atleticanos.

Participe da conversa!
0