colunas e Blogs
Carneiro Neto
Carneiro Neto

Carneiro Neto

Opinião

Nada como uma decisão Atletiba para reanimar o torcedor

Por
Redação
31/07/2020 14:15 - Atualizado: 29/09/2023 23:14
No primeiro duelo entre os dois times nesta temporada, o Coxa levou a melhor
No primeiro duelo entre os dois times nesta temporada, o Coxa levou a melhor | Foto: Albari Rosa / Foto Digital / Gazeta do Povo

Estamos vivendo tempos estranhos, de angustia e expectativa, em meio a maior pandemia dos últimos cem anos, mas temos de enfrentar o difícil cotidiano para sobreviver. Neste momento dramático da população mundial, o esporte acaba funcionando como uma válvula de escape. Mesmo com as limitações de jogos sem público nos estádios e nas arenas, o futebol continua encantando, tanto que todos não vêem a hora do retorno do espetáculo representado pela Liga dos Campeões da Europa.

Claro que vivemos outra realidade, com a evidente decadência técnica dos times brasileiros. E da própria campeoníssima seleção brasileira que há duas décadas está devendo boas apresentações. Arrastam-se as equipes brasileiras nas partidas dos
campeonatos estaduais e os treinadores simplesmente não conseguem mudar o
panorama. Afinal, técnico de futebol não é mágico e trabalha com os recursos
humanos colocados a sua disposição.

Mas nada como uma decisão Atletiba para reanimar o torcedor paranaense. Os detentores das maiores torcidas do Paraná e donos do
maior número de títulos de campeão, Athletico e Coritiba chegam a 19ª final de
campeonato estadual.

Muita coisa rolou nesses 96 anos de confrontos entre alviverdes e rubro-negros. Foram tantas emoções que encantaram diversas gerações e deixaram marcas profundas na memória e no coração de milhões de torcedores através dos tempos.

Assistimos três finais estaduais consecutivas com a dupla Atletiba em jogos bem disputados e que mereceram os aplausos do público. Em 2016 o Furacão não tomou conhecimento do velho rival,
fazendo cinco gols nas partidas finais: 3 x 0 na Arena e 2 x 0 no Alto da
Glória. Walter foi a estrela atleticana na comemoração do título.

O Coxa deu o troco no ano seguinte impondo uma goleada de 3 x 0 dentro da Arena e segurando o empate sem gols no Alto da Glória. Foi a vez de o artilheiro Kleber Gladiador fazer história. Em 2018 o Athletico, com o seu time de aspirantes e o
emergente técnico Tiago Nunes, liquidou o tradicional adversário com 2 x 0 na
Arena. Garotos como Leo Pereira, Renan Lodi e Bruno Guimarães brilharam.

Agora, com a sua formação principal e contando com a experiência do técnico Dorival Junior - que já foi campeão pelo Coritiba - o Furacão tentará o tricampeonato paranaense. Trata-se de um time em formação depois do desmanche
verificado com a conquista do título da Copa do Brasil. Apresenta limitações
técnicas nas laterais, mas tem crescido do meio de campo para frente sob a
liderança do incansável Nikão e os gols do jovem Guilherme Bissoli.

Dirigido pelo promissor Eduardo Barroca e ainda tentando
encontrar o ponto de equilíbrio tático-técnico para enfrentar todos os
desafios, o Coritiba certamente usará do fator psicológico e da garra para
tentar superar os desafios.

Ainda não conseguiu realizar uma boa apresentação nos jogos pós-quarentena do coronavírus, mas reúne condições de superar-se, dar a volta por cima e surpreender nas finais. Como diz o torcedor: Clássico é clássico, e vice-versa. Ainda mais o velho e bom Atletiba.

Veja também:
Fluminense x Bragantino: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Fluminense x Bragantino: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Mercado da bola: veja as novidades desta sexta-feira (12)
Mercado da bola: veja as novidades desta sexta-feira (12)
São Paulo x Fortaleza: escalações prováveis, como assistir, data e horário
São Paulo x Fortaleza: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Internacional x Bahia: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Internacional x Bahia: escalações prováveis, como assistir, data e horário
participe da conversa
compartilhe
Encontrou algo errado na matéria?
Avise-nos
+ Notícias sobre Carneiro Neto
Athletico provocou o discreto olhar da burguesia esportiva
Opinião

Athletico provocou o discreto olhar da burguesia esportiva

O imponderável investimento na sociedade anônima do futebol brasileiro
Opinião

O imponderável investimento na sociedade anônima do futebol brasileiro

Athletico confirmou o seu grande favoritismo no ano do Centenário
Opinião

Athletico confirmou o seu grande favoritismo no ano do Centenário