Foto de perfil de Carneiro Neto

Carneiro Neto

Ver mais
Copa América

Mesmo sem ter um supercraque, Brasil pode entrar para a história com taça

Mesmo sem ter um supercraque, Brasil pode entrar para a história com taça
| Foto: Lucas Figueiredo/CBF
  • PorCarneiro Neto
  • 05/07/2019 10:56

Os argentinos continuam lamentando a derrota para a seleção brasileira, criando teorias conspiratórias e, sobretudo, pichando o indefectível VAR.

A verdade é que o supercraque Messi - ídolo inconteste no Barcelona e maior destaque da atual geração - fracassou, mais uma vez, defendendo a camisa alviceleste da Argentina.

TABELA DA COPA AMÉRICA 2019: Resultados e jogos

O futebol é assim. Existe uma grande diferença entre bom jogador e craque. Mas por ser craque, ou supercraque como é o caso de Messi, toda a responsabilidade dos altos e baixos da seleção argentina é jogada sobre os seus ombros.

Poderíamos compará-lo a Zico, que foi extraordinário como artilheiro do Flamengo, clube pelo qual conquistou todos os títulos possíveis, mas não se deu bem na seleção.

Leia também:

Disputou três copas do mundo como principal jogador e fracassou nas três experiências.

Em compensação, outros marcaram luminosamente as suas carreiras com campanhas maravilhosas nas equipes que jogaram e em conquistas históricas da seleção brasileira.

Ultimamente, com a escassez de craques, o futebol do nosso país experimenta um processo de adaptação. Ou de readaptação, pois estávamos acostumados com craques em profusão.

Com as decepções nos últimos quatro mundiais o time pentacampeão começa a ser visto com olhares de dúvida. Será que a fonte secou?

Aparentemente ainda não, afinal Neymar, bem ou mal, continua merecendo a fama de craque. Ele só precisa tomar jeito na vida privada, que tem atrapalhado a sua trajetória profissional.

Porém, depois da boa atuação, do gol e da assistência para Firmino, muitos apostam em Gabriel Jesus.

É claro que os torcedores, que veem ou viram o jogo com o coração nos olhos, vibraram com a atuação da jovem promessa que surgiu no Palmeiras e atualmente é reserva no Manchester City.

Mas a simples possibilidade de ele reencontrar o caminho do gol animou muita gente.

“Panem et circenses”, isto é, pão e jogos de circo eram, conforme está nas Sátiras de Juvenal, as duas únicas coisas que interessavam ao “povo romano de sua época”, no primeiro e segundo século depois de Cristo.

Parece que nada mudou, desde então.

Por isso observa-se grande animação entre os torcedores para a possibilidade de a seleção voltar a ganhar um torneio, no caso a Copa América.

Torço, sinceramente, pelo sucesso de Gabriel Jesus, um rapaz simples, humilde e educado que luta pelo seu lugar ao sol. Ele passou a ser a maior esperança de gols no irregular time de Tite.

Mas craque de um jogo é uma coisa. Craque de muitos jogos é outra, bem diferente.

Vamos acompanhar a decisão esperando o melhor rendimento da maioria. Vamos torcer para que usem a habilidade que têm, não esperando que usem a genialidade que não têm.

De bom jogador para craque, vai diferença enorme.

E, como nos mostra a história do futebol, muitas vezes nem os supercraques conseguem chegar ao título.

Leia também:

MAIS DE CARNEIRO NETO!

Com o Brasileirão e Série B parados por causa da disputa da Copa América, é tempo de balanço para os três clubes da capital: Athletico, Coritiba e Paraná.

Ouça a avaliação de Carneiro Neto!

Athletico

"O Brasileirão do Athletico foi lamentável, participação pífia, com 37% de aproveitamento. Para quem tem um técnico com a competência do Tiago Nunes, está devendo muito".

Coritiba

"O Coritiba não foi bem. Investiu, tentou, não se pode tirar esse mérito da diretoria, apesar de inexperiente, mostrou vontade. Porém, na comissão técnica, o Pastana não tem sido feliz".

Paraná

"O Paraná terminou bem a sua primeira participação na Série B do Brasileirão depois de ter tido uma experiência rápida, tênue, na Série A. A queda foi muito dolorosa. Está tentando juntar os cacos".


Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.