Os times brasileiros têm se saído bem nos torneios mata-mata, mas o nível técnico do Brasileirão deixa a desejar. Claro que o pesado calendário imposto pela CBF, com a insistência da realização dos campeonatos estaduais para atender aos interesses das federações, está atrapalhando.

Como a tradição do título estadual prevalece na maioria dos estados, os times se dedicam aos anacrônicos e deficitários campeonatos que abrem a temporada do futebol nacional.

Depois vem o peso para aqueles que disputam a equilibrada Série A, concomitantemente com a Copa do Brasil e a Copa Libertadores da América ou Copa Sul-Americana.

+ Confira a tabela do Brasileirão 2022

Avaliando as últimas temporadas, temos quatro clubes em destaque: Palmeiras, Atlético-MG, Flamengo e Athletico - pela freqüência nas finais das principais competições.

Pois bem. Vamos ao que interessa: a dupla Atletiba pode aproveitar a oportunidade e fazer boa figura no Campeonato Brasileiro. Especialmente o Coritiba que só tem compromisso nele até o fim do ano.

O Athletico especializou-se nos mata-matas e por isso ganhou duas vezes a Sul-Americana e uma vez a Copa do Brasil, além de ter sido vice nas finais do ano passado, descuidando-se da Série A.

Porém, pelo padrão técnico dos concorrentes nas primeiras rodadas, tanto o Coxa como o Furacão podem se sair bem no Brasileirão. Só que para isso não basta o talento e o carisma dos treinadores Felipão e Gustavo Morínigo.

Os dirigentes deviam dar uma força aos competentes profissionais que comandam a dupla no momento e resolver de uma vez por todas as carências de cada time. Salta aos olhos que, com uma ou duas contratações pontuais, tanto Athletico como Coritiba poderão dar muitas alegrias aos seus torcedores.

Participe da conversa!
0