O Athletico foi até Cochabamba, na Bolívia, e bateu o Jorge Wilstermann por 3 a 2, de virada, pela Libertadores da América. O colunista da Gazeta do Povo, Carneiro Neto, comenta o triunfo rubro-negro pela competição internacional.

Ouça o comentário sobre a vitória do Athletico:

O Athletico se comportou bem na partida de retomada. E cabe uma análise do planejamento do técnico Eduardo Barros. Resultado foi importante, que deu moral ao time

Os jogadores se desdobraram. E entrou o Walter, que foi a cereja do bolo.

Testado no comando, Barros espera ser efetivado

O técnico Eduardo Barros aguarda o voto de confiança da diretoria do Athletico para ser efetivado como técnico do clube. Após a vitória sobre o Jorge Wilstermann, pela Libertadores, o jovem treinador de 35 anos falou sobre o prazo estipulado pelo Furacão, de esperar até o jogo da última terça-feira (15) para avaliar se vai ou não ao mercado em busca de um novo comandante.

Libertadores: veja a tabela completa

"Todos os treinadores são testados, em qualquer clube do Brasil. Comigo não seria diferente. No ano passado eu tive uma oportunidade na reta final do Campeonato Brasileiro e agora novamente de forma interina para o clube ter tempo hábil de achar um novo comandante. Mas se achar que a equipe pode responder sob meu comando, que eu possa dar sequência ao meu trabalho…", avaliou Barros.

Desde a saída de Dorival Junior, Eduardo Barros comandou o Furacão em cinco jogos. Perdeu para Red Bull Bragantino e Vasco, empatou com Botafogo e venceu os dois últimos confrontos: clássico com Coritiba e Jorge Wilstermann.

Participe da conversa!
0