Foto de perfil de Augusto Mafuz

Augusto Mafuz

Ver mais
Opinião

O pior (e vergonhoso) Atletiba da história

Lance de Coritiba x Athletico no Couto Pereira
Mafuz criticou a postura dos dois times em campo e também o desempenho de Walter.| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes
  • PorAugusto Mafuz
  • 09/01/2021 22:23

No Couto Pereira, pelo Brasileirão, Coritiba 0x0 Athletico.

O primeiro Atletiba ocorreu em 1924.  De lá para cá, portanto, passaram-se 97 anos. Procure saber e não haverá nenhum indicio de que alguma vez Athlético e Coritiba trataram o clássico com tanto desprezo.

É certo afirmar que jogaram no lixo, e irá lá ficar por algum tempo, toda a tradição de quase um século desse que é um dos valores imateriais mais nobres de Curitiba. O sentimento que os dois projetaram para os torcedores não foi o de revolta, mas o de vergonha.

Concordo que, sob o aspecto técnico, não era para se esperar muito além do que pensam que jogaram.

Coritiba limitado e Athletico enganador

De um lado, um Coritiba já programado para voltar à Segundona. Mostrou definitivamente que não há salvação, e que não merece ser salvo. Até que quis jogar, mas, não jogou, porque não sabe jogar.

Para esse time, a bola é um objeto estranho e, portanto, desprezível. Confesso que quando Mailton errou a cobrança de um lateral, jogando a bola em cima do auxiliar, eu fiquei com vergonha.

Do outro, o Athletico, que vem enganando muito bem, em razão do comando lúcido do treinador Paulo Autuori. Não criou uma única jogada contra o goleiro Wilson, que no segundo tempo, sequer teve citado o seu nome na narração.

Acreditar em Walter, Bissoli, Jadson e Canesin é de amargar. Walter, em campo, não podendo se movimentar e caindo por não conseguir se equilibrar por causa do peso, vai contra todos os princípios de um clube que tanto zela pela sua imagem e pela sua marca.

Escrever mais sobre esse Atletiba é enganar o leitor.

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.