Foto de perfil de Augusto Mafuz

Augusto Mafuz

Ver mais
Opinião

Por que os torcedores do Coritiba devem torcer para o Vasco não cair

Por que os torcedores do Coritiba devem torcer para o Vasco não cair
| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois
  • PorAugusto Mafuz
  • 07/02/2021 18:38

Desenganados, os coxas devem reclamar aos números que não mais crie ilusão, porque as quatro vitórias necessárias para evitar a queda estão no campo do impossível. É que no futebol, a equação matemática para se alcançar um objetivo, exige um elemento essencial: um time que tenha o mínimo de recursos, o que o Coritiba não tem.

De repente, está surgindo um fato para que os coxas não fiquem alheios a esse final de campeonato: torcer para o Vasco da Gama não ser rebaixado é um bom conselho a ser seguido. Perguntarão: o que pode ter de benéfico para o Coritiba, o fato de o Vasco não ser rebaixado? Tem tudo a ver.

Empurrado por sua história, o nome Vasco no futebol brasileiro já sugere poder. Ao contrário do Cruzeiro, que é um time limitado a Minas Gerais, como é o Athletico e o Coritiba, a Curitiba. O Vasco é um clube nacional. E, em tempos desprezíveis, torna a colônia portuguesa do Rio de Janeiro, ainda, mais sensível a ajudá-lo. Rebaixado, o Cruz de Malta, o preço do bacalhau, no Rio, irá subir.

Se já é certo que a Segundona de 2021 terá Goiás, Botafogo e Cruzeiro, com o Vasco, será uma verdadeira selva. Na história do Brasileiro, nunca houve uma concorrência na Segundona como essa, tornando duvidoso o favoritismo para volta em razão da tradição.

Com esses times e, mais, uma surpresa inevitável que sempre surge para ocupar um lugar indevido (caso do Cuiabá), o principio fundamental dos grandes, que é o de cair e voltar imediatamente, já é remetido ao ambiente de dúvidas.

Em uma Segundona, é bem melhor concorrer com Sport, Fortaleza ou Bahia, do que com o Vasco. E não se deve buscar esperança no fato de que Cruzeiro e Botafogo estão quebrados. Clubes como esses sempre arrumam um dinheiro para fazer remendos imediatos.

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.