Koke e CR7. Reprodução

 

A vitória do Real Madrid sobre o rival Atlético, no sábado (19), com três gols de Cristiano Ronaldo ficou marcado por insultos do meia Koke ao astro lusitano. De acordo com a imprensa espanhola, o jogador teria chamado o português de “marica”. Situação que CR7 não deixou em brando, respondendo o adversário.

“Ele me disse: ‘é um marica'” contou Cristiano Ronaldo, que em resposta disse com ironia que poderia ser “marica”, mas estava “lleno de pasta”, expressão que em tradução livre para português tem o significado de “cheio de dinheiro”.

Depois de terem se desentendido durante o jogo, Koke e Cristiano Ronaldo foram punidos com o cartão amarelo aos 18 minutos do segundo tempo.

A suposto ofensa de Koke a Cristiano Ronaldo gerou indignação da comunidade LGBT na Espanha, A associação Arcópoli, que defende os direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais, emitiu uma nota pedindo uma investigação sobre o ocorrido.

 

Participe da conversa!
0