O Flamengo, Athletico, Atlético-MG, Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio e Internacional receberão um milhão de dólares de premiação, cerca de R$ 3,8 milhões, por cada uma das três partidas como mandante da fase de grupos da Libertadores 2019.

Apenas pelos três jogos como mandante, os sete brasileiros embolsarão R$ 11,4 milhões.

A estreia nacional será rubro-negra. O Athletico joga nesta terça-feira (5), às 21h30, contra os Tolima, no estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, Colômbia. O Flamengo, também fora de casa, encara o San José, 19h15, em Oruro.

Caso avance para as oitavas, os reapresentantes do país garantirão cada mais US$ 1,05 milhão, cerca de R$ 4 milhões. Nas quartas, receberiam uma cota US$ 1,2 milhão, cerca de R$ 4,5 milhões.

Uma eventual chegada às semifinais renderia mais US$ 1,75 milhão, cerca de R$ 6,6 milhões, enquanto a conquista do título garantiria a bolada de US$ 12 milhões, cerca de R$ 45,5 milhões. O vice-campeão leva US$ 6 milhões, cerca de R$ 22,8 milhões.

Ou seja, caso seja campeão, Flamengo, Athletico, Atlético-MG, Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio ou Internacional  terminariam a disputa com os cofres reforçados em R$ 72 milhões.

Premiação por fase da Libertadores

Primeira fase: US$ 350 mil

Segunda fase: US$ 500 mil

Terceira fase: US$ 550 mil

Fase de grupos: US$ 1 milhão por jogo como mandante (US$ 3 milhões no total)

Oitavas de final: US$ 1,05 milhão

Quartas de final: US$ 1,2 milhão

Semifinal: US$ 1,75 milhão

Vice-campeão: US$ 6 milhões

Campeão: US$ 12 milhões

Participe da conversa!
0