Direto de Maceió, enviado especial

Dizem por aí que o torcedor paranista faz qualquer coisa pelo Tricolor. Devo concordar. É o caso de Ramon Oliveira, 30 anos, consultor de projetos.

Cansado de tanta ‘tiração de onda’ dos amigos atleticanos e coxas-brancas com o calvário de 10 anos de Série B do Paraná, ele prometeu: “esse ano, eu vejo o Tricolor subir”. Foi direto na tabela da Segundona ver quem eram os adversários nas últimas rodadas. Santa Cruz, no Recife, e CRB, em Maceió. Ramon não hesitou. Em agosto, com um turno inteiro em disputa, o paranista comprou passagem de ida e volta para Recife.

O pacote incluiu levar a noiva, Analía Rodrigues, para passear no Nordeste. Justo. Nada como um passeio a dois pelas praia de Boa Viagem, Carneiros e etc. Só faltava a permissão do chefe para o plano sair perfeito.

Com o banco de horas cheio – típico de u m trabalhador brasileiro –, não foi difícil convencer o patrão. Só que o problema veio mais tarde. E o jogo com o CRB, em Maceió? Logo o confronto decisivo que pode decretar o fim do drama tricolor. O jeito foi improvisar. Mais uma conversada com o chefe e boa! Liberado por mais alguns dias.

“Falei com minha noiva que queria ver o jogo em Maceió também. Ela ficou meio assim, achou que eu não iria até o fim. Eu disse que queria ir de Recife para Maceió, nem que eu perdesse a passagem de volta para Curitiba”, conta o torcedor.

Foi o que ele fez para ver o jogo mais importante para o clube na última década. A noiva voltou no voo programado para a capital paranaense. E Ramon estendeu a viagem, sozinho, para Maceió, confiante no acesso do Paraná. Nem a atuação decepcionante que o paranista assistiu no empate com o Santa Cruz, no Arruda, tira sua confiança.

“Vai subir, tem que subir. É esse ano ou nunca mais”, confia o paranista, que partilha da mesma angústia que atravessa a apaixonada nação tricolor nesta reta final da Série B.

Ramon confia no acesso do Paraná contra o CRB. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Veja também

Paraná fala em ‘ano difícil’ e lembra tragédia para impulsionar acesso
“Qualquer resultado que não seja o acesso será um fracasso”, afirma presidente do Paraná

Participe da conversa!
0