Mais uma semana fica para trás e cá estou com a resposta aos amigos leitores. Domingo decisivo no Brasileiro. Quem não for para o estádio certamente ficará na frente da tevê. E para nós, uma longa jornada de trabalho.

Seguem as respostas, destaques, comentários ao que vocês comentaram ao longo da semana – e mais uma vez agradeço pela participação de todos. Ah, e lembrando, quem quiser saber onde anda algum jogador, lembrar um jogo antigo, enfim. Escreve aí nos comentários que eu vou atrás.

Eleição no CAP
A eleição do CAP também rendeu comentários, especialmente a lambança da troca de e-mails entre a assessoria do clube vazando à imprensa o uso da máquina rubro-negra na eleição. Que, no fim, ficou bem claro, não foi lambança, foi algo bem articulado por alguém que estava lá dentro já flertando com a oposição e aproveitou o episódio para zarpar de vez.

Tudo lamentável. Seja a mudança de lado, seja o uso da máquina do clube, seja a troca constante de acusações. E o pior é que eles acham isso normal, parte do jogo. A eleição do Coxa, ano passado, já foi uma nojeira e a do Atlético está exatamente no mesmo nível. Esses dirigentes tinham era que baixar a cabeça, vir a público e pedir desculpas por emporcalhar a história das nossas equipes com versões express das já imundas eleições da política real.

Coxa e Ferreira
Da rodada passada, o que mais gerou comentários foram a torcida do Coritiba comemorando a derrota do Atlético e a expulsão do Ferreira no Recife.

Quanto ao Coxa, repito o que escrevi no dia. Não acho que o Coxa entregou. Jogou mal como jogou tantas outras vezes. Já a torcida está no papel dela. Comemorou como vai comemorar se o Atlético cair. Em 2005 foi igual. Lembram, teve até enterro simbólico na Boca Maldita e a Fanáticos posando para foto ao lado de um caixão do Coritiba? É o que dá graça ao futebol.

Sobre o Ferreira, sobrou patada para mim. Ainda assim, mantenho. Era para amarelo, não vermelho. Acho que o Gaciba errou. E com 10 o Atlético foi para trás.

Maluco chama atenção para algo interessante. O Inter perdeu Guiñazu no começo do jogo com Estudiantes lá na Argentina. Fez 1 a 0 e segurou o resultado com 10. Comparação válida, mas desigual. O Inter é um timaço. Tem craque o suficiente para se virar numa situação dessas. O Atlético tem um time ruim – só olhar a tabela –. Perdeu um, já era.

Ingresso a 400
Os leitores que comentaram a cobrança de 400 reais do ingresso de Goiás x São Paulo concordaram com o clube goiano. Como sempre, respeito a opinião de todos, bem defendidas, aliás. Mas acho que se o lesado fosse um dos nossos, haveria até corrente de e-mail contra a diretoria do Goiás. Se nenhum torcedor criasse, eu criaria, pois é uma indecência.

Concordo plenamente que a CBF interveio no que não devia. Alguém lembra aqui de outro jogo que a CBF tenha metido o bedelho para não ser em tal lugar e ser em outro? Eu não lembro.

Claro, a CBF tem que justificar essa dinheirama jogada fora para erguer o Bezerrão, o primeiro dos muitos elefantes-brancos da Copa de 2014.

Queria ver é se ao invés do Goiás fosse o Flamengo que estivesse na zona morta, sem mando de campo e com a venda do jogo alinhavada, sei lá, para Natal. Duvido que a CBF se metesse para, por exemplo, colocar o jogo em Londrina. Claro, com o Flamiêngo ninguém mexe. Mas com o Goiás…

Isso tudo não dá direito ao Goiás de extorquir os torcedores. E ainda os 200 reais ficaram salgadíssimos.

E nem dá ao São Paulo o direito de ficar no cantinho, com cara de piedoso, como se não tivesse nada a ver com nada, fosse só uma vítima da história. Ah, vão dormir! O São Paulo é muito bem articulado nos bastidores. Deixa de hipocrisia, pombas!

Tardelli
Rodrigo e Paulo Renato lembram das lambanças do Tardelli contra os nossos clubes. Ele até pode ter sido vendido sem saber nessa história do Goiás x São Paulo (como, pelo que se sabe até agora, foi), mas pelo que fez com os nossos clubes merece passar por isso.

Sócios do Coxa
Maurício calcula em 20 mil os sócios do Coritiba e diz que geralmente a imprensa esquece os sócios antigos. Realmente, Maurício, vira e mexe a gente faz a conta só com o Eternamente Coxa ou o Sou Coxa. E eu também achava que a conta total já batia nos 20 mil. Mas esse número de 18 mil é total (antigos e novos), passado pela assessoria do clube. Mas até 2011 passa de 20 mil frouxo.

Showbol
O bróder Adriano Rattmann pergunta se a firma toparia promover um seleção brasileira x seleção paranaense de showbol. Boa pedida, vou levar adiante.

Palpites
Anderson e Gustavo tiram uma comigo pelos erros nos palpites da rodada passada. Foi triste mesmo. Imagina o meu desempenho no bolão da ESPN.

Para animar o sabadão
Cristiano Castilho, vizinho de blog, o Vox Pop (atualiza, Panga! Atualiza, Ju!), me chama de apelão pelo Para animar o sabadão. Pois é, Cris. Pensei. Refleti. E reconheço. Foi muita apelação colocar o Beckham e o Ashley Cole de toalha. Peço desculpas aos leitores por isso.

Top 5

Ops – 1.653

Para animar o sabadão – 1.613

Semana quente na Baixada – 1.363

Duas imagens e os melhores – 826

No Coxa, 18 mil com direito a voto – 772

Participe da conversa!
0