Santiago García, o Morro, teve uma passagem turbulenta no Atlético-PR. Em 2011 foi contratado por US$ 3,8 milhões, a aquisição mais cara na história do futebol paranaense. Não deu certo e deixou o clube pela portas dos fundos.  Sete anos após desembarcar no Furacão, a ‘aposta arriscada’ ainda serve de munição para a gestão Mario Celso Petraglia alfinetar o grupo de oposição, responsável por trazer um novato uruguaio sem história gastando um punhado de dólares.

Inconformado com o negócio, Petraglia entrou na Justiça e conseguiu devolver o atacante, reverter a transação e economizar US$ 6,2 milhões em salários e direitos de imagem. Contribuiu para essa reviravolta um envolvimento do gringo com drogas.

Mas o futebol é dinâmico…

Em Mendonza, à frente do pequeno Godoy Cruz, Morro (comparado a George Weah) marcou 34 gols em 68 partidas na temporada. Aos 27 anos, é o artilheiro da Liga Argentina, com 16 bolas na rede em 24 arremates. De acordo com o jornal Olé, tem 61% na precisão dos passes e ainda criou outras 29 chances de gol durante o campeonato nacional do país vizinho. Com o centroavante, o time foi vice-campeão, atrás apenas do Boca Jrs.

Após sete anos, García quebra a hegemonia dos goleadores argentinos na competição. Antes dele, em 2011, o colombiano Teófilo Gutiérrez também foi o homem-gol da Argentina defendendo o Racing. O último uruguaio a obter tal façanha foi Santiago Silva (El Tanque), em 2010, pelo Banfield.

Morro está cotado para defender a seleção do seu país na Copa do Mundo da Rússia, em junho deste ano. “Eu tenho a ilusão, mas sei que é muito difícil. Entrar na equipe nacional é muito difícil. Há Cavani e Suarez, dois dos melhores atacantes do mundo. E ainda Abel Hernandez, Diego Rolan, Stuani, Maxi Gonzalez… Eu conheço meu lugar. Obviamente, espero e trabalho durante algum dia, se for possível, jogar pelo menos uma partida amistosa. Mas sei que o meu lugar na seleção do Uruguai está perto”, disse ao jornal Clarín.

🔥 Confira ainda 🔥 

1⃣ Prêmio para ignorar a Globo provoca impasse entre clubes e Esporte Interativo

2⃣ ‘Esporte Interativo será sufocado pela Globo no Brasileirão 2019’, diz especialista

3⃣ Veja quais clubes fecharam com a Globo direitos do Brasileirão

4⃣ Globo paga menos a clubes que fecharam contrato com rival do SporTV

5⃣ Simulação mostra como fica o Brasileirão dividido entre Globo e Esporte Interativo

6⃣ Clubes fechados com Esporte Interativo tomam drible milionário do Palmeiras

Participe da conversa!
0