3.485 pagantes. 3.565 público total do clássico Paratiba do último domingo (23). A renda pequena de R$ 76.715 mostra que o interesse do torcedor curitibano em ir ao estádio despencou de vez. Está certo que é início de temporada, apenas a 3ª rodada do Estadual, muita gente na praia, ingresso caro, campeonato sem grandes atrativos na reta inicial, mas a expectativa era de uma presença um pouquinho melhor. Seria a insegurança? A violência?

Depois do Paratiba, dois torcedores do Paraná foram gravemente feridos no Santa Cândida – um deles menor de idade. Mais uma vez, duelo de torcedores, se é que podemos chamá-los assim. Cerca de 200 pessoas se enfrentaram dentro do Termninal de Ônibus(sempre nos terminais), conforme relato do repórter Vinícius Boreki, que se deslocou às pressas para o local da ocorrência.

Cenas de guerra, com disparo de arma de fogo, segundo testemunhas. Os dois feridos foram encaminhados ao hospital e não correm risco de morte.

Pode ser uma explicação para o estádio vazio. Lamentável, mais uma vez. Será que vamos repetir os recordes negativos de 2009? Ano que a Urbs contabilizou o maior prejuízo da história em relação ao número de ônibus destruídos por vândalos em dias de jogos pela cidade, um torcedor foi morto depois de ter sido atropelado por um simpatizante do time rival, além das cenas de quebra-quebra no Couto Pereira.

Contra isso, vamos torcer por bons jogos, estádios cheios e paz entre as torcidas. Sou otimista, e ainda vou levar meus dois filhos ao estádio sem medo.

Participe da conversa!
0