A situação do atacante Kléber Gladiador, 34 anos, é no mínimo inusitada. Fora dos planos do Coritiba, o jogador quase fechou com o Fluminense, mas a negociação naufragou. Depois apareceu o interesse do Paraná Clube – e novamente não deu em nada, até o momento. Enquanto procura uma colocação no mercado do trabalho, o jogador não precisa se preocupar com o bolso.

Copa do Mundo >> calendário de jogos, programação de TV, notícias

Tabela >> confira a tabela completa da Copa do Mundo

Enquanto treina em separado no Alto da Glória, Kléber Gladiador recebe cerca de R$ 280 mil por mês de salário do Coritiba. Além disso, ganha do Grêmio, clube que deixou em 2015, uma prestação mensal de R$ 120 mil pela rescisão judicial feita com o clube gaúcho.

O cenário de impasse em relação ao futuro do Gladiador impacta diretamente nas finanças do Coxa. A diretoria previa uma economia de até R$ 2 milhões até o fim do ano com a saída do veterano. O atacante, que não tem culpa dessa situação toda, pois não joga por opção do alviverde, chegou a aceitar uma redução salarial para R$ 140 mil, caso fechasse com o Fluminense.

 

Participe da conversa!
0