Esqueça a isenção da arbitragem no futebol… O duelo entre Nizna e Tatran, pela Quinta Divisão da Eslováquia, entrou para a história como o maior caso de suspeição de uma auxiliar. Motivo: a bandeirinha foi pedida em casamento, durante o confronto, por um jogador em campo. Parece mentira, mas não é.

LEIA Suárez “ensina” Neymar amarrar uma chuteira; veja o vídeo

Foi como ocorreu com Petra Lepáckova e Lubomir Vajecka. Durante o duelo, na quarta-feira (2), o jogador do Nizna aproveitou um momento que o jogo estava parado, correu em direção a Petra, que era a auxiliar, e a pediu em casamento.

Cerca de 500 torcedores foram testemunhas do gesto apaixonado, que foi publicado pela auxiliar de arbitragem no Instagram. A noiva, é claro, disse sim ao atleta. “O melhor dia da minha vida”, escreveu. O amor venceu…

Não dá para perder a brincadeira: se fosse no Brasil, o jogo iria para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

 

Participe da conversa!
0