A imobiliária responsável pela venda da sede social do Paraná Clube, na Avenida Kennedy, pediu desculpas por publicar o anúncio do imóvel em um portal de negócios na internet.

Embora seja uma prática comum do mercado, mesmo em se tratando de um grande valor, a publicidade online dada não agradou o Tricolor.

“A Bidese Imóveis, consolidada no mercado imobiliário de Curitiba desde 2008, vem através deste retratar-se publicamente com a Diretoria do Paraná Clube pelo anúncio de um imóvel pertencente ao Clube sem o consentimento de seu corpo diretor”, diz nota no Facebook.

“Ontem, quarta feira (19.10), um de nossos funcionários cometeu, infelizmente, um erro – já corrigido – na atualização e publicação online da carteira de imóveis que possuímos e acabou, por engano, publicando a área citada“, prossegue.

O Paraná colocou à disposição da imobiliária parte do terreno na Vila Guaíra, para venda, conforme o anúncio, já retirado do portal Zap. O clube pede R$ 60 milhões por uma área de 18 mil metros quadrados.

Dizia o anúncio. “Terreno com 18.000 m2, totalmente plano, ZR3, para uma Construtora ou Incorporadora desenvolver projeto de Edifícios ou Casas. Localização privilegiada, junto à Av. Presidente Kennedy na esquina da Praça Bento Munhoz da Rocha Neto. VALOR SUJEITO A ALTERAÇÃO SE AVISO PRÉVIO”.

Há um ano, em outubro de 2015, o Tricolor confirmou que o imóvel estava no mercado. Cerca de 150 conselheiros participaram da votação para permitir o negócio e 70% foram favoráveis à venda do patrimônio.

No mês passado, o clube mudou a sede administrativa do local para Quatro Barras, no Ninho da Gralha. A ideia eraa enxugar ainda mais o quadro de funcionários e centralizar os departamentos do clube em uma só propriedade.

 

Participe da conversa!
0