Arquibancada Virtual

Ver mais

Gritos de ‘refugo’ encerraram entrevista consciente de Alecsandro

Alecsandro durante treino do Coritiba. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo
Alecsandro durante treino do Coritiba. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo| Foto:
  • PorRodrigo Fernandes
  • 12/07/2017 11:25

O atacante Alecsandro, 36 anos, deu a entender que foi vítima da imprensa ao desabafar após a derrota do Coritiba para o Sport ( 0 x 3). O jogador, tudo indica, não gostou do destaque dado pelos meios de comunicação à frase “Eu vim para um desafio. A não ser que eles não queiram. Se eles não quiserem, eu pego a minha mochila, pego as minhas coisas e vou embora”.

A declaração fugiu do tom sereno do resto da entrevista, muito possivelmente ao perceber que o coro de ‘refugo’ da torcida era para ele.

Nesta quarta (12), o filho de Lela agradeceu aos torcedores que ouviram e leram sua manifestação na íntegra. A totalidade do desabafo mostra um jogador assumindo responsabilidade, pedindo para a torcida concentrar as críticas nos veteranos do time, preservando “a garotada” e convocando os alviverdes para apoiar os atletas. Era um boleiro tarimbado assimilando a derrota acachapante.

Sua única expressão contundente, além de dizer que daria a volta por cima,  foi justamente ameaçar que pode ir embora, se o Coxa assim quiser – já sob gritos hostis que certamente o irritaram. E a imprensa destacou a notícia, seu descompasso, sem mais. Não existe avaliação jornalística contrária.

O ex-jogador Alex, hoje comentarista da ESPN, deu força a Alecsandro ao ler a postagem no Twitter, assim como muitos torcedores. Outros poucos consideraram a declaração infeliz.

Ouça a íntegra da entrevista – gentilmente cedida pela Rádio Transamérica de Curitiba – e faça a sua avaliação.

 

 

Participe da conversa!
0

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.