Entre as inúmeras personalidades do jornalismo esportivo brasileiro, Galvão Bueno talvez tenha sido o que mais sentiu a súbita morte do colega Rafael Heinz, um dos sobreviventes do trágico acidente no voo da Chapecoense (em novembro de 2016).

Henzel, 45 anos, morreu nesta terça-feira (26) após sofrer um infarto durante uma partida de futebol com os amigos na cidade de Chapecó. O jornalista foi socorrido após sofrer o mal súbito e levado ao Hospital Regional de Chapecó, mas não resistiu. O narrador costuma jogar futebol com os amigos às terças-feiras.

Na sua conta no Instagram, Galvão Bueno postou um momento junto com Henzel e não escondeu a tristeza. “Me sinto arrasado!! Muito triste!! Vivi intensamente o terrível desastre do voo da Chape!! Perdi muitos amigos!! Ganhei muitos outros!! Mudei muitos conceitos!! Rafael, sem dúvida você teve uma missão especial neste mundo terreno!! Que Deus te receba como você merece e que abençoe e dê forças a sua família🙏🏻Saudades!!”, disse o narrador da Rede Globo.

Galvão e Henzel dividiram uma narração especial em homenagem às 71 vítimas do voo da Chape. A convite da Rede Globo, o sobrevivente dividiu microfone com famoso global durante o chamado jogo da amizade entre Brasil e Colômbia.

Foto do momento do resgate de Rafael Henzel

Colegas de futebol rezam para o resgate salvar o amigo Rafael Henzel (foto do meio).

Colegas de futebol rezam para o resgate salvar o amigo Rafael Henzel (foto do meio).

 

Participe da conversa!
0