Confira os ídolos do futebol brasileiro que foram homenageados com estátuas em estádios. A lista é bem seleta, considerando apenas estádios. Jogadores como Zico, homenageado na Gávea, não entra na relação, pois o local não é usado para jogos oficiais.

Dirceu Krüger – Couto Pereira

Em 24 de fevereiro de 2016, quando completou 50 anos ininterruptos como funcionário do Coritiba, o ex-jogador foi homenageado pela torcida do Coritiba e o clube. O ex-meia defendeu o Coritiba em campo entre 1966 a 1975, conquistando o paranaense de 1968, 1969, 1971, 1972, 1973, 1974 e 1975.

Renato Gaúcho – Arena do Grêmio

O ex-atacante e treinador virou estátua em grande estilo. Nesta segunda (25/3), na esplanada da Arena do Grêmio, o clube gaúcho inaugurou a homenagem ao maior ídolo do clube tricolor. A peça em bronze foi revelada ao antigo camisa 7 e cerca de 8,500 pessoas que acompanharam o evento com grande dose de emoção. Ao final da inauguração, o ex-camisa 7 foi para os braços da torcida e gerou choro coletivo

Bellini – Maracanã

O zagueiro bicampeão mundial, capitão que ergueu a primeira taça de Copa do Mundo do Brasil, em 1958, recebeu homenagem com uma estátua na entrada principal do Maracanã. O trabalho em bronze foi feito por Matthew Fernandes e instalado em 1960. O porte atlético é idêntico ao do zagueiro que passou pelo Atlético, mas o rosto, não. Há suspeitas que Francisco Alves, o cantor conhecido como o Rei da Voz, tenha servido de inspiração.

Pelé – Fonte Nova

O Rei do futebol tem seis estátuas, cinco no Brasil e uma na Índia. Apenas uma delas está localizada em um estádio, Fonte Nova, em Salvador. Tricampeão mundial em 1970, o camisa 10 foi homenageado em 1971 pela escultora Lucy Viana. Mais tarde, em 2013, o trabalho em bronze foi restaurado por Marcia Magnus, após ter os braços roubados.

Ademir Menezes – Ilha do Retiro

Artilheiro da Copa do Mundo de 1950, no Brasil, Ademir Menezes foi homenageado com uma estátua na Ilha do Retiro, estádio do Sport, clube que revelou o jogador. A representação do Queixada, como era conhecido, foi esculpida em bronze por João Batista e revelada em 1999.

Romário – São Januário

Revelado pelo Vasco, Romário marcou seu milésimo gol também com a camisa cruzmaltina. O feito rendeu uma homenagem do clube, que instalou uma estátua do Baixinho em São Januário, em 2007. O trabalho foi esculpido em bronze por Osório Corrêa.

Nilton Santos, Garrincha, Jairzinho e Zagallo – Estádio Engenhão

Em parceria com a CBF, o Botafogo homenageou com estátuas quatro campeões mundiais com a seleção brasileira e ídolos do clube. Os trabalhos em bronze foram feitos pelo artista botafoguense Edgard Duvivier, o mesmo que fará a estátua de Dirceu Krüger, e instalados entre 2009 e 2013.

Fernandão – Beira-Rio

Capitão do título mundial do Internacional, em 2006, Fernandão tem uma estátua de bronze colocada no Beira-Rio. O jogador faleceu em 2014 em um acidente de helicóptero e foi homenageado pelo clube em dezembro com o trabalho esculpido em bronze por Itamar Rodrigues.

Participe da conversa!
0