De acordo com o estudo anual sobre a marca mais valiosa do futebol brasileiro, divulgado pela BDO, empresa de auditoria e consultoria esportiva, Atlético e Coritiba (12º e 13º, respectivamente) se consolida como líderes do segundo escalão do futebol brasileiro – atrás dos grandes de Rio, São Paulo, Minas e Rio Grande do Sul.

O Paraná aparece na lista na 32ª posição.

A dupla Atletiba teve valorização em relação ao estudo de 2015, quando o Furacão foi avaliado em R$ 146.1 milhões e o Coxa em R$ 141.2 milhões. Já o Tricolor foi depreciado, pois tinha valor de R$ 18.2 mi.

1 – Flamengo: R$ 1,49 bilhão
2 – Corinthians: R$ 1,42 bilhão
3 – Palmeiras: R$ 1,02 bilhão
4 – São Paulo: R$ 926 milhões
5 – Grêmio: R$ 666 milhões
6 – Inter: R$ 609 milhões
7 – Cruzeiro: R$ 575 milhões
8 – Atlético-MG: R$ 515 milhões
9 – Santos: R$ 448 milhões
10 – Vasco: R$ 444 milhões
11 – Fluminense: R$ 322 milhões
12 – Botafogo: R$ 235 milhões
13 – Atlético-PR: R$ 165 milhões
14 – Coritiba: R$ 159 milhões
15 – Sport: R$ 117 milhões
16 – Bahia: R$ 114 milhões
17 – Vitória: R$ 80 milhões
18 – Goiás: R$ 75 milhões
19 – Figueirense: R$ 61 milhões
20 – Ponte Preta: R$ 50 milhões
21 – Avaí: R$ 43 milhões
22 – Portuguesa: R$ 41 milhões
23 – Criciúma: R$ 37 milhões
24 – Joinville: R$ 35 milhões
25 – Náutico: R$ 34 milhões
26 – Chapecoense: R$ 33 milhões
27 – Santa Cruz: R$ 23 milhões
28 – Atlético-GO: R$ 19 milhões
29 – América-MG: R$ 19 milhões
30 – Ceará: R$ 18 milhões
31 – Paysandu: R$ 18 milhões
32 – Paraná: R$ 16 milhões
33 – Fortaleza: R$ 15 milhões
34 – Guarani: R$ 12 milhões

Participe da conversa!
0