Assim como acontece em diversas empresas país afora durante os jogos da seleção masculina em Copas do Mundo, o Grupo Boticário irá pausar operações durante as partidas da seleção brasileira feminina na Copa do Mundo 2019, disputado na França.

A seleção comandada pelo técnico Vadão estreia dia 9 de junho (domingo), contra a Jamaica, em Grenoble. Completam o grupo da seleção Austrália (13/6, uma quinta, às 14h) e Itália (18/6, terça, às 18h). A final está marcada para o dia 7 de julho, na cidade de Lyon.

“Durante os jogos, a empresa terá horários especiais de jornada de trabalho, assim como foi feito no ano passado, durante os jogos da seleção masculina”, diz comunicado do Boticário. A disputa feminina será transmitida em tevê aberta pela Rede Globo pela primeira vez na história.

O Grupo Boticário são várias empresas em uma: laboratório, fábrica, logística, marketing e varejo.

O SporTV, por sua vez, transmitirá todas as partidas da disputa, enquanto o portal Globoesporte.com também transmitirá na internet os jogos do Brasil.

“A campanha reforça o compromisso da empresa com a equidade de gêneros e a diversidade. Além de valorizar o futebol feminino, o Grupo Boticário pretende incentivar que outras empresas parem suas atividades durante os jogos do time brasileiro”, diz o restante do comunicado da empresa.

>> Guia dos jogos na TV: onde assistir Brasileirão, Libertadores, Sul-Americana

>> Sem Globo, Turner e Premiere, 52 jogos do Brasileirão 2019 são excluídos da TV

>> Veja onde seu time vai passar na TV em 2019

>> Brasileirão 2019 na Turner; jogos com transmissão, canais, streaming, narração

 

Participe da conversa!
0