Após um início truculento de carreira no Coritiba, o goleiro Vaná, 26 anos, foi emprestado para o ABC, de Natal, onde se tornou ídolo. Quase um ano após o Coxa negociá-lo com o pequeno Feirense (8º colocado do campeonato de Portugal), o prata da casa alviverde fechou agora com um gigante da Europa: o Porto.

Mesmo com a renovação de contrato de Casillas, 36, no clube lusitano, a equipe decidiu apostar no ex-alviverde, que fez uma grande temporada na Europa. O contrato é de quatro anos.

Vaná foi titular do Coxa no Paranaense 2015,  após um longo período na reserva de Vanderlei, hoje no Santos. No Alto da Glória viveu sempre com a pressão de não convencer a torcida. A fraca atuação contra o Operário, na final do regional, selou o fim do goleiro no Coxa.

Vaná pede calma com VaNeuer: “O apelido é muito”

Pelo mecanismo de solidariedade da Fifa, o Coritiba ainda pode abocanhar 5% como clube formador na transação entre o Feirense e o Porto, estimado em dois milhões de euros. Na atual temporada, Vaná realizou 29 jogos e sofreu 35 gols, à frente de uma das metas mais bombardeadas.

Para quem não se lembra, o camisa 1 também foi ídolo no ABC. Sua despedida do time potiguar virou notícia em todo país. Após o clássico local com o América-RN, o garoto João Gabriel, torcedor símbolo da equipe, emocionou o país ao se despedir do goleiro. Se não lembra, clique aqui e veja o vídeo.

 

Participe da conversa!
0