A edição do jornal lusitano O JOGO levou a crise paranista para o noticiário do Velho Mundo.

Motivo: a contratação de Elvis, 20 anos, revelação tricolor, por três anos e meio por parte do Benfica, time de maior torcida em Portugal.

O presidente dos encarnados, apelido do time lisboeta, Luís Filipe Vieira, disse à imprensa local que “Elvis estava livre de compromissos, após ter rescindido com o Paraná devido a ordenados em atraso.”

Na mesma edição do tablóide luso, Aquilino Romani, presidente do Paraná, seguiu o mantra paranista dos últimos ano, dizendo que o clube vai “apelar à justiça para anular a liminar” concedida ao jogador e avisou: “Não gostamos de saídas pelas portas dos fundos.”

Porém, na mesma reportagem, a visão do empresário do atleta, Célio Motobura, foi taxativa: “O Paraná não tem direito a nada, pois não pagou o fundo de garantia dos ordenados do Elvis”, explicou.

Participe da conversa!
0