A Associação de Futebol Argentina (AFA) encontrou uma daquelas pérolas do futebol: o gramado do acanhado estádio Juan Antonio Arias.

A entidade precisou proibir jogos no local por um motivo insólito, fato noticiado pela imprensa nesta segunda (3). A partir de agora o pequeno Liniers, da Primera C argentina,  não pode mais usar a praça esportiva, pois o campo de jogo está fora de enquadramento.

Isto mesmo. Um lado é maior que o outro e as laterais são sinuosas.

As leis da física e da geometria são desafiadas pela distorção. Uma área, por exemplo, mede 37 metros de largura, enquanto a outra tem 39. Uma lateral do campo tem 48 metros de comprimento, enquanto o outro cerca de 54.

A explicação do clube é bonita para justificar o erro matemático. Com a nova forma geométrica, “o pôr do sol não atrapalha nenhum dos goleiros”. Desde 1987, quando foi inaugurado, o estádio tem esse problema surreal. Virou piada no país vizinho.

O blog lembra de outros casos emblemáticos de campos que desafiam a lógica. Quem nunca bateu bola em condições tão adversas?

Onde fica: Cierny Balog, Eslováquia. Quem joga lá: TJ Tatran Čierny Balog (amador). O bizarro: uma locomotiva passa entre o campo de jogo e a arquibancada.

 

Na Holanda, um campo é atravessado por um córrego. Os jogadores têm que evitar o cruzamento de um lado para o outro. Quem ataca não defende. Quem defende não ataca.

 

Essa é na Ucrânia. A gurizada não liga de jogar na rampa.

 

Circula na net, mas ninguém sabe onde fica. Chama a atenção que o campo onda tem um bosque.

 

Maior estádio flutuante do mundo, apesar de a arquibancada estar situada em terra firme. Surgiu como substituto para o Estádio Nacional de Singapura, em 2007, durante suas obras de modernização.

 

Nem os bolivianos não teriam problema com os 2 mil metros de altitude para jogar no estádio mais alto da Europa. Encravado nos Alpes, só é possível chegar até lá de teleférico.

 

De um lado, uma formação rochosa, de outro, um edifício residencial. Fica em Marselha, França. Quem joga é o Marseille Endoume Catalans (divisão regional).

 

 

Participe da conversa!
0