colunas e Blogs
Arquibancada Virtual
Arquibancada Virtual

Arquibancada Virtual

Arquibancada Virtual

Cale a boca, jornalista!

Por
Redação
22/01/2010 13:55 - Atualizado: 27/09/2023 16:20

As cinco primeiras linhas do post já estavam prontas quando o telefone tocou. Era Raul, do help desk da firma, perguntando se podia fechar os programas do meu computador para instalar o Google Chrome. Olhei para o texto. Uns dois clichês já cintilavam por ali. A ideia que pulsava na cabeça estava porcamente exposta. Apaguei sem dó. Retomaria depois. Não retomei.

O post era criticando a decisão de Marcelo Oliveira de fechar os treinos de terça e quarta. Além de antipática (trata os setoristas do clube como espiões inimigos, quando na verdade a única inimizade latente era a do time paranista com a bola), a medida costuma ter pouco efeito prático. O post que não foi iria por aí.

E o Paraná misterioso socou quatro no Engenheiro Beltrão, com Toscano no devido lugar, Elvis no time e Murilo jogando muito. Claro, o Engenheiro Beltrão suaria para bater o grande Sonora (pior time de futsal da história da comunicação da PUC, da qual fui goleiro). Mas o futebol apresentado foi de primeira qualidade.

Claro, continuo achando treino secreto uma bobagem. Mas com 4 a 0, fica difícil argumentar. Aproveitei ótima oportunidade de ficar calado.

Ah, esse tuíter

O mesmo não dá para dizer de quarta à noite. O Operário, com seus beques botinudos, mal passava do meio de campo. O Atlético fez 1 a 0 e tuitei, lá vem a sacolada.

Antes mesmo do início do segundo tempo, Bennett desceu do setor de imagem para a redação e profetizou: “Não subestime o Fantasma”.

E um fantasma abusado sufocou um Atlético amedrontado. Empatou, virou e poderia ter feito margem maior. Ainda no maroto tuíter, Alphone Voigt perguntou da sacolada. E o conviva Eliel Berger deu graças por eu não ter escrito nada sobre o Coxa.

É assim que a vida funciona. Um dia a gente acerta, em outro a gente erra. Mas acima de tudo, se diverte com o que faz. Bola pra frente.

Tiro curto

Já é patológica a abstinência atleticana em Paulo Baier. O time não sabe para quem passar a bola. Ninguém assume a responsabilidade.

O livro

O título (irônico, hein, moçada!) desse post é emprestado do belo livro de Fernando Jorge, sobre a censura dos poderosos aos jornalistas brasileiros. Vale a leitura.

Veja também:
Grêmio x Cuiabá: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Grêmio x Cuiabá: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Fluminense x Vasco: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Fluminense x Vasco: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Mercado da bola: veja as novidades desta sexta-feira (19)
Mercado da bola: veja as novidades desta sexta-feira (19)
Atlético-MG x Cruzeiro: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Atlético-MG x Cruzeiro: escalações prováveis, como assistir, data e horário
participe da conversa
compartilhe
Encontrou algo errado na matéria?
Avise-nos
+ Notícias sobre Arquibancada Virtual
O Nikão do Athletico. Desfrutem enquanto é tempo
Crônica

O Nikão do Athletico. Desfrutem enquanto é tempo

Libertad x Santos AO VIVO: como assistir ao jogo na TV
Transmissão

Libertad x Santos AO VIVO: como assistir ao jogo na TV

Barcelona x Fluminense AO VIVO: como assistir ao jogo na TV
Transmissão

Barcelona x Fluminense AO VIVO: como assistir ao jogo na TV