Arquibancada Virtual

Ver mais
Opinião

Brasil não passaria vergonha com Messi se a Baixada estivesse na Copa América

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo| Foto: Gazeta do Povo
  • PorRobson Martins
  • 26/06/2019 15:59

No último jogo da Argentina na Copa América, contra o Catar, o argentino Lionel Messi criticou o gramado da Arena do Grêmio. E não foi só isso. O melhor jogador do mundo ainda colocou os outros estádios onde a sua seleção jogou (Mineirão e Fonte Nova) no mesmo balaio.

"Quica mal, todos os campos que jogamos são ruins, difíceis de jogar. Precisa de tempo para parar a bola”, admitiu Messi.

Não foi só ele. Luiz Suárez, do Uruguai, falou do Maracanã. James Rodríguez, da Colômbia, criticou a Arena Fonte Nova. Sem contar os técnicos da Argentina, da Venezuela e do Uruguai. Uma vergonha para o que antigamente era chamado o “país do futebol”.

TABELA: Veja os próximos jogos da Copa América

O fato é que, se a Conmebol, com influência da CBF, tivesse escolhido Curitiba como sede e a Arena da Baixada como um dos campos da Copa América, pelo menos por aqui esse problema não existiria. O gramado sintético do estádio do Athletico é reconhecido pela Fifa pela sua qualidade.

Durante o Brasileirão já virou lugar comum os times perderem para o Furacão e colocarem a culpa no gramado da Baixada. Bom mesmo é jogar nesses campos que envergonham o país diante dos maiores craques mundiais.

Participe da conversa!
0

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.