O Athletico fechou patrocínio máster com o Banco Renner, grupo que tem o bispo da Igreja Universal, Edir Macedo, como de seus principais investidores desde 2013. O anúncio oficial deve ser feito nos próximos dias.

A informação é do blog de Lauro Jardim e foi confirmada pela reportagem da Gazeta do Povo. O produto que vai ser exibido no uniforme é o Digi+, braço digital da instituição financeira.

O acordo com a instituição privada supre a saída da Caixa Econômica Federal como principal patrocinador do Rubro-Negro. O banco federal deixou de investir em clubes brasileiros em 2019, após a eleição do presidente Jair Bolsonaro.

Há duas semanas, o Cruzeiro já havia anunciado contrato de patrocínio com o Banco Renner, que estampa um de seus produtos, o banco digital Digi+, na camisa da Raposa. A tendência é de que o Furacão também estampe a marca Digi+ na camisa rubro-negra.

A parceria entre o Renner e o Furacão deve acontecer nos mesmos moldes da firmada pela instituição com o Cruzeiro: o lucro e o valor do patrocínio virão por meio de uma cota fixa e mais um percentual sobre as contas digitais e serviços do banco eventualmente usados por atleticanos cadastrados.

Ou seja, utilizando determinados serviços do Banco Renner, o torcedor do Athletico ajuda também a aumentar o valor do patrocínio do clube.

História

O Banco Renner é sediado no Rio Grande do Sul, possui um ativo total de R$ 1,4 bilhão e patrimônio líquido de R$ 155 milhões. A instituição também oferece serviços de investimento em renda fixa, compra de ações, crédito consignado e financiamento de veículos, sendo administrada pelo Grupo Record, do bispo Edir Macedo, com a família Renner permanecendo como acionista do banco.

>> Guia dos jogos na TV: onde assistir Brasileirão, Libertadores, Sul-Americana

>> Sem Globo, Turner e Premiere, 52 jogos do Brasileirão 2019 são excluídos da TV

>> Veja onde seu time vai passar na TV em 2019

>> Brasileirão 2019 na Turner; jogos com transmissão, canais, streaming, narração

Participe da conversa!
0