O jogador Pablo, do América-MG, ganhou notoriedade nesta quarta-feira (14) por uma atitude inusitada durante o jogo com o Figueirense.
Ao ser expulso, logo após ser substituído, por ofender com gestos obcenos os fãs do time catarinense, ele foi até a arquibancada e ficou ao lado do único torcedor do Coelho no Orlando Scarpelli.
Na plateia, em uma cena curiosa, ele viu Osman empatar o jogo para o América-MG, aos 35 minutos do segundo tempo (2 x 2).
Mas tudo tem uma explicação.
Pablo tem uma rixa com o Figueira. Ele foi atleta do clube em 2012, quando foi dispensado. Em 2015, o volante  foi contratado pelo Avaí e disse que queria “vingança” contra o Alvinegro.
O dia de torcedor ganhou notoriedade nas redes sociais.

Participe da conversa!
0