O Suporte da INTZ, Jockster, após a derrota brasileira. Créditos: Transmissão/Riot Games

O Suporte da INTZ, Jockster, após a derrota brasileira. Créditos: Transmissão/Riot Games

No segundo dia do Mundial de League of Legends, a INTZ disputou a sua segunda partida do grupo C e perdeu para os europeus da H2K. Os times se conhecem há um bom tempo no eSport. Quando a INTZ realiza treinos na Europa para competições do jogo da Riot Games, os londrinos da H2K sempre estão entre os times enfrentados.

O jogo

Segundo jogo das duas equipes, e pela segunda vez a H2K fez um jogo sem maiores emoções. Mas, dessa vez, foi melhor para o time europeu. A partida estava sob o controle da H2K o tempo todo. Com pressão em todas as rotas, nem o caçador Revolta da INTZ conseguiu impor seu ritmo e praticamente viu o caçador inimigo, Jankos, tomar as iniciativas e distribuir abates para sua equipe.

A INTZ foi dominada do começo ao fim, em um processo que pareceu quase natural. Sem muitas reações, apenas uma ou outra má decisão, o que apenas acelerou o fim de jogo. A rota inferior novamente ficou atrás dos adversários. Porém, dessa vez não contou com o equilíbrio na rota do meio e o brilho de Yang no topo para que pudessem segurar o jogo enquanto a dupla não pegava o ritmo. Todas elas sofreram pressão e tiveram as três torres tier 1 (a primeira da rota) destruídas com apenas 20 minutos. Com 32 minutos no relógio, um placar de 12 x 1 em abates e duas rotas destruídas, os ingleses fecharam o jogo.

Os caçadores de ambas as equipes atribuíram essa postura às escolhas dos campeões, o draft. Para o europeu Jankos, ao analisar a partida da INTZ contra o time chinês EDG, na estreia do Mundial, pode-se observar uma falta de prioridade ao início de jogo. “Me senti confortável para pegar o Skarner e acelerar o jogo contra eles”, explica. Já Revolta analisa que “o draft deles foi melhor que o nosso. Erramos ao deixar Cassiopeia aberta para escolha, pensamos em punir e não conseguimos”.

Agora, as duas equipes possuem uma vitória e uma derrota cada. A INTZ volta a jogar no domingo (02) contra os taiwaneses da Ahq às 20h de Brasília.

Outro jogo da rodada

Na outra partida do Grupo C, as equipes da EDG e Ahq se enfrentaram logo após o confronto dos brasileiros. Em uma partida mais movimentada, a EDG venceu, apesar de não mostrar seu jogo que a credencia como favorita ao título. Os chineses tentavam dominar e se impor de maneira natural, mas Ahq vendia caro cada espaço no mapa. O placar final não ficou elástico, o que mostra a falta de ritmo da equipe que dominou a liga chinesa.

Resultados do dia:

Grupo B

SKT (Coreia) 1 x 0 C9(EUA)

Flash Wolves (LMS) 0 x 1 IMay (China)

Grupo C

INTZ (Brasil) 0 x 1 H2K (Europa)

EDG (China) 1 x 0 Ahq (LMS)

Grupo D

TSM (EUA) 1 x 0 Samsung Galaxy (Coreia)

RNG (China) 1 x 0 Splyce (Europa)

Participe da conversa!
0