Pressionada pelo buzz das redes sociais, e um pedido formal do Paraná, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) topou queimar um árbitro do seu quadro. Daniel Dantas Canario de Melo foi sacado da escala do clássico com o Athletico porque deixou escapar um email pessoal bastante sugestivo: capcampeao@hotmail.com

Ora, é evidente o amadorismo do árbitro, tanto quanto a falta de criatividade para criar emails. Agora, fica óbvio também que a entidade não acredita que Daniel Dantas é capaz de separar as coisas, sua atuação profissional do clube do coração ou, pelo menos, da inspiração principal para criar perfis de email.

Dantas foi escolhido para dirigir o clássico por sua capacidade, imagino. Confiança que sumiu após, horas depois, protagonizar um invulgar exposed nas redes sociais?

Todo profissional envolvido com futebol tem um time do coração. Não fôssemos apaixonados pelo esporte e não estaríamos aqui. E eu acredito, tranquilamente, que é absolutamente possível afastar predileções pessoais da atividade profissional.

Hélio Cury, presidente da FPF, e Afonso Vítor de Oliveira, presidente da Comissão de Arbitragem da entidade, aparentemente, não concordam. E, por isso, mexeram na escala do clássico desta sexta-feira (30). Duvidam apenas da isenção de Dantas ou de outros árbitros também? Time de infância todos eles têm.

Participe da conversa!
0