O Cartola FC 2017 chegou ao fim e é hora de apresentar a seleção com os melhores jogadores do game na temporada. Entraram no time de destaques os atletas com as médias mais altas de pontuação no ano e que participaram de pelo menos 40% das partidas do Brasileirão, ou seja, 16 duelos. O esquema tático é o 4-3-3.

Além da seleção, o post apresenta um top-20 com os jogadores de melhor média, independentemente da posição. Também mostra, por setor, quem acumulou mais pontos ao longo da Série A.

A seleção do Cartola FC 2017:

Goleiro

Vanderlei (Santos) – Média: 7,56 pontos em 37 jogos

O santista foi um dos grandes monstros do Cartola em 2017. Ele sobrou em relação aos outros goleiros e foi o jogador que mais acumulou pontos na temporada: 280,20. A média dele foi inferior somente a de Hernanes, do São Paulo. O rei das defesas difíceis (81 no ano) virou presença garantida no time de muitos cartoleiros.

Zagueiros

Pedro Geromel (Grêmio) – Média: 6,52 pontos em 20 jogos

Balbuena (Corinthians) – Média: 5,03 pontos em 32 jogos

A eficiência de GeroMito não é novidade para os cartoleiros. O zagueiro gremista não decepcionou mais uma vez e ficou com a média mais alta entre os jogadores de sua posição. Pena que o time gaúcho poupou os titulares em várias rodadas, o que limitou o uso dele no game. Já Balbuena foi um dos protagonistas do campeão Corinthians. O Timão teve a melhor defesa do campeonato e, com o paraguaio em campo, não sofreu gols em 15 jogos.

Laterais

Ramon (Vasco) – Média: 6,38 pontos em 17 jogos

Marcos Rocha (Atlético-MG) – Média: 6,09 pontos em 21 jogos

O vascaíno chegou com o campeonato em andamento (estreou só na 13ª rodada) e logo virou destaque do Cartola. Infelizmente, uma grave lesão no joelho tirou o atleta das sete rodadas finais. Marcos Rocha também foi atrapalhado por contusões (só participou de sete jogos no 1º turno), mas conseguiu emendar boa sequência na metade final do campeonato e virou uma das melhores opções na lateral. Destacou-se nas roubadas de bola: 69 em 21 jogos.

Meias

Hernanes (São Paulo) – Média: 7,76 pontos em 19 jogos

Zé Rafael (Bahia) – Média: 6,13 pontos em 36 jogos

Renê Júnior (Bahia) – Média: 6,07 pontos em 30 jogos

A dupla do Bahia mitou durante quase todo o campeonato. Renê foi o maior ladrão de bolas do campeonato (94 roubadas). Já Zé Rafael, além de roubar 91 bolas, foi o jogador mais caçado do Brasileiro – sofreu 122 faltas.

Porém, o jogador com a média mais alta do Cartola FC 2017 foi Hernanes. Ele estreou na 17ª rodada e foi o grande responsável por afastar o São Paulo da ZR. Fez nove gols, deu três assistências e conseguiu uma média de quase 8 pontos no Cartola. Verdadeiro mito!

Atacantes

Luan (Grêmio) – Média: 6,45 pontos em 20 jogos

Bruno Henrique (Santos) – Média: 5,88 pontos em 28 jogos

Dudu (Palmeiras) – Média: 5,80 pontos em 26 jogos

Luan ficou com a melhor média, mas jogou pouco. Por isso, o principal destaque do ataque no Cartola FC 2017 é Bruno Henrique. Ele foi decisivo na campanha do terceiro colocado Santos. Fez oito gols e deu 11 assistências, o que o tornou o maior garçom do Brasileiro ao lado de Gustavo Scarpa, do Fluminense.

Técnico

Reinaldo Rueda (Flamengo) – Média: 4,44 pontos em 18 jogos

Entre os técnicos com ao menos 16 jogos no comando de uma equipe, Rueda ficou com a maior média. Apesar de muitas oscilações, levou o Fla ao sexto lugar, garantido na fase de grupos da Libertadores-2018.

***

Top-20: os jogadores com as melhores médias de pontuação no Cartola FC 2017 (considera apenas os que participaram de ao menos 40% dos jogos do Brasileiro)

1º – Hernanes (meia São Paulo) – Média: 7,76 pontos em 19 jogos

2º – Vanderlei (goleiro Santos) – Média: 7,56 pontos em 37 jogos

3º – Pedro Geromel (zagueiro Grêmio) – Média: 6,52 pontos em 20 jogos

4º – Luan (atacante Grêmio) – Média: 6,45 pontos em 20 jogos

5º – Ramon (lateral Vasco) – Média: 6,38 pontos em 17 jogos

6º – Zé Rafael (meia Bahia) – Média: 6,13 pontos em 36 jogos

7º – Marcos Rocha (lateral Atlético-MG) – Média: 6,09 pontos em 21 jogos

8º – Renê Júnior (meia Bahia) – Média: 6,07 pontos em 30 jogos

9º – Douglas Friedrich (goleiro Avaí) – Média: 6,00 pontos em 28 jogos

10º – Sander (lateral Sport) – Média: 5,91 pontos em 22 jogos

11º – Bruno Henrique (atacante Santos) – Média: 5,88 pontos em 28 jogos

12º – Dudu (atacante Palmeiras) – Média: 5,80 pontos em 26 jogos

13º – Thiago Carleto (lateral Coritiba) – Média: 5,69 pontos em 21 jogos

14º – Lucca (atacante Ponte Preta) – Média: 5,61 pontos em 35 jogos

15º – Egídio (lateral Palmeiras) – Média: 5,47 pontos em 21 jogos

16º – Reinaldo (lateral Chapecoense) – Média: 5,44 pontos em 33 jogos

17º – Wilson (goleiro Coritiba) – Média: 5,36 pontos em 38 jogos

18º – Diego (meia Flamengo) – Média: 5,22 pontos em 27 jogos

19º – Thiago Neves (meia Cruzeiro) – Média: 5,15 pontos em 32 jogos

20º – André (atacante Sport) – Média: 5,08 pontos em 34 jogos

***

Por posição, quem acumulou mais pontos no Cartola FC 2017 durante o Brasileirão:

Goleiro: Vanderlei (Santos) – 280,20 pontos

Zagueiro: Balbuena (Corinthians) – 160,70 pontos

Lateral: Reinaldo (Chapecoense) – 179,20 pontos

Meia: Zé Rafael (Bahia) – 221 pontos

Atacante: Lucca (Ponte Preta) – 196,30 pontos

Técnico: Renato Gaúcho (Grêmio) – 156,58 pontos

***

Confira também:

>> Os 10 melhores goleiros do Cartola FC 2017

>> Os 10 melhores zagueiros do Cartola FC 2017

>> Os 10 melhores laterais do Cartola FC 2017

>> Os 10 melhores meias do Cartola FC 2017

>> Os 10 melhores atacantes do Cartola FC 2017

Participe da conversa!
0