A pouco mais de duas semanas do início do Estadual, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) se aproxima de definições sobre a transmissão do campeonato. Há negociação em andamento para venda dos naming rights do Paranaense e acordos fechados com uma plataforma de exibição por streaming, a NSports.

Para a TV aberta, a Rede Massa segue como a principal candidata a exibir a competição. A afiliada do SBT no Paraná, que mostrou com exclusividade a edição de 2021, segue negociando após fazer proposta oficial no fim de dezembro.

O valores oferecidos ficaram muito aquém do esperado pelos clubes, mas a possibilidade de o Paranaense 2022 ser batizado com a marca de uma empresa elevaria o repasse de cotas às equipes, fator que pesa no orçamento dos times do Interior. Segundo apurou o UmDois Esportes, os naming rights interessam a uma casa de apostas.

Paranaense em novo streaming

O streaming do Estadual, por outro lado, está muito bem encaminhado com a plataforma NSports, que já transmite o Campeonato Catarinense e faz a produção do Brasileirão (Séries A e B) para o exterior.

Algumas equipes já assinaram, enquanto outras ainda dependem da formalização dos contratos. O Coritiba têm acordo encaminhados para a transmitir em sua plataforma própria, a TV Coxa Prime.

O clube liberaria a transmissão de seus jogos como mandantes em troca do sinal das partidas como visitantes. O Athletico também negocia um acordo similar. O anúncio deve acontecer no início da próxima semana.

“É fundamental para todos [a transmissão do Paranaense]. Para o clube divulgar seu patrocinador, para o torcedor que não pode ir ao campo. Tem vários fatores favoráveis nesse sentido. Temos duas situações: streaming 90% encaminhado e TV aberta. Discutimos com dois canais, um dele está bem encaminhado. A definição deve acontecer no máximo semana que vem”, disse o presidente da FPF, Hélio Cury, em entrevista recente à Banda B.

O Paranaense 2022 começa em 22 de janeiro e tem a grande final marcada para 3 de abril.

Participe da conversa!
0