Com a derrota por 1 a 0 para o Corinthians, no último domingo (28), o Athletico chegou a quatro jogos sem vencer no Brasileirão. Neste período, foram três derrotas e um empate, que deixam o time próximo da zona de rebaixamento. No momento, o Furacão soma 42 pontos, apenas dois a mais que o Juventude, o primeiro da zona da degola.

Pelo desempenho do time gaúcho e do Bahia, o número mágico para escapar da queda deve ser os 45 pontos. Ou seja, o Rubro-Negro precisa de mais três pontos nos três jogos que restam na competição: Cuiabá e Palmeiras, na Arena, e Sport, fora.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão e os próximos jogos do Athletico

O próximo desafio é na sexta-feira (3), à 19h, contra o time mato-grossense. E os quatro dias até esta partida foi comemorado pelo técnico Alberto Valentim, que vê esse "tempo extra" como fundamental para recuperar os jogadores.

"A gente vem falando da importância de somar os pontos. Em algumas partidas tivemos que ir no limite físico e mental. Algumas vezes trocando a maioria dos jogadores, mas agora vamos nos preparar muito forte. Temos quase uma semana cheia depois de muito tempo para primeiro nos recuperarmos bem e aí nos prepararmos para essa grande decisão. O jogo contra o Cuiabá será muito importante para vencermos e nos deixar tranquilo", afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

A última vez que o Athletico teve quatro dias de intervalo entre um jogo e outro foi no começo de novembro, entre o empate em 2 a 2 com o Flamengo, na Arena, no dia 2, e a vitória por 2 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Desde aquele confronto no interior paulista, o Furacão atuou seis vezes em um intervalo de 19 dias. Foram duas vitórias, um empate e três derrotas.

Participe da conversa!
0