Sem técnico desde o fim do Brasileirão, já que Paulo Autuori finalmente assumiu o posto exclusivo de diretor de futebol, o Athletico segue em busca de um comandante para a temporada 2021.

Mas essa longa indefinição sobre quem será o próximo comandante do Furacão, aliada à disponibilidade de um velho conhecido no mercado, traz à tona uma teoria que agrada grande parte da torcida:

Estaria Tiago Nunes voltando para casa?

A resposta é não. Pelo menos não houve contato oficial até agora. O gaúcho de 41 anos, campeão da Sul-Americana (2018) e da Copa do Brasil (2019), nunca recebeu oferta para retornar ao Athletico.

Ele está desempregado desde 11 de setembro, quando foi demitido do Corinthians, clube pelo qual trocou o Rubro-Negro em novembro de 2019. A saída, da maneira que foi, criou rusgas com o presidente Mario Celso Petraglia.

Mas em janeiro deste ano, ainda durante o Brasileirão, um profissional do Athletico sondou a situação de Tiago e questionou se ele aceitaria comandar o time novamente. As ligações pararam por aí e nunca houve proposta para selar a "volta para casa".

Por que os rumores?

O treinador tem residência fixa em Curitiba e vive na capital paranaense até definir qual será seu próximo trabalho. Recentemente, cortou o cabelo em uma barbearia procurada pelos boleiros, por exemplo.

A presença dele na cidade pode, de alguma forma, relacioná-lo ao Athletico para alguns torcedores. E, nas redes sociais, essa impressão pode ganhar uma proporção absurda a ponto de gerar uma comoção sobre um retorno que, hoje, não existe.

Quais clubes tentaram contratar Tiago Nunes?

Oficialmente, segundo apurou a reportagem, seis times fizeram ofertas recentes para contar com o técnico: Coritiba, Cruzeiro, Fortaleza, Santos e Vasco. O Peixe foi o time que mais se aproximou de um acerto, mas acabou optando pelo argentino Ariel Holan.

Apesar de algumas notícias terem circulado na mídia, não houve sequer sondagem do Cuiabá, que estreia na Série A em 2021, com o treinador. Enquanto isso, Tiago Nunes aguarda, sem pressa, um bom projeto para voltar à ativa em 2021.

Um possível retorno ao Furacão não pode ser descartado. Mas, até o momento, não há uma negociação.

Participe da conversa!
0