O sorteio da Sul-Americana acontece nesta sexta-feira (9), às 13h, com o Athletico confirmado como um dos cabeças de chave, de acordo com o posicionamento no ranking da Conmebol.

O Corinthians é o outro time brasileiro que será cabeça de chave. Atlético-GO, Bahia, Red Bul Bragantino e Ceará são os outros representantes brasileiros no torneio.

A Sul-Americana tem um formato diferente em 2021. Se em 2018, ano que o Athletico foi campeão, por exemplo, a competição era toda realizada em mata-mata.

Neste ano, haverá uma fase de grupos. Ao todo, serão 56 equipes no torneio.

A fase preliminar, que começou em 16 de março, coloca os times sul-americanos, exceto os de Brasil e Argentina, para jogarem contra adversários do mesmo país, em partidas de ida e volta. Os classificados avançam para a fase de grupos, que terá 32 equipes.

Confira a tabela da Sul-Americana

A fase de grupos reunirá os 16 classificados da fase anterior, os seis brasileiros, os seis argentinos e os quatro eliminados da terceira fase da Libertadores. Serão oito grupos com quatro equipes cada. O sorteio será no dia 9 de abril, no Paraguai, e os jogos na semana do dia 20.

Os primeiros colocados de cada grupo da Sul-Americana enfrentam os oito terceiros colocados da fase de grupos da Libertadores nas oitavas de final. A partir desta fase, a competição será toda em mata-mata até a definição do campeão. A final está prevista para o dia 6 de novembro, ainda em local a definir.

Athletico será cabeça de chave

Os cabeças de chave na fase de grupos serão definidos pelo ranking da Conmebol. O Athletico, 24º no ranking, está garantido como um deles. Outros times garantidos como cabeças de chave são Independiente (10°), Lanús (17°) e Corinthians (23°).

As equipes que vierem da terceira fase da Libertadores, não podem ser cabeças de chave. Eles entrarão no "pote 4". Vale lembrar também que times de um mesmo país não poderão se enfrentar no mesmo grupo. Os times do Uruguai ainda estão indefinidos.

Divisão dos potes no sorteio do dia 9 de abril

Pote 1: cabeças de chave - onde estarão Athletico e Corinthians;
Pote 2: oito equipes subsequentes no Ranking da Conmebol;
Pote 3: as oito equipes restantes;
Pote 4: quatro equipes eliminadas da terceira fase da Libertadores.

Premiação

Primeira fase: US$ 225 mil por jogo como mandante.
Fase de grupos: US$ 300 mil por jogo como mandante
Eliminados: US$ 120 mil
Oitavas de final: US$ 500 mil
Quartas de final: US$ 600 mil
Semifinal: US$ 800 mil
Vice-campeão: US$ 2 milhões
Campeão: US$ 4 milhões

Times classificados para a Sul-Americana 2021:

Brasil: Athletico, Corinthians, Bragantino, Ceará, Atlético-GO e Bahia.
Argentina: Newell's Old Boys, Talleres, Lanús, Rosário Central, Arsenal de Sarandí e Independiente.
Bolívia: Jorge Wilstermann, Guabirá, Nacional Potosí e Atlético Palmaflor.
Chile: Palestino, Antofagasta, Cobresal e Huachipato.
Colômbia: Tolima, La Equidad, Deportivo Pasto e Deportivo Cali.
Equador: Emelec, Guayaquil City, Macará e Aucas.
Paraguai: Nacional, Guaireña, 12 de Octubre e River Plate.
Peru: Carlos A. Mannucci, Sport Huancayo, Universidad Técnica Cajamarca e Melgar.
Venezuela: Puerto Cabello, Aragua, Metropolitanos e Mineros de Guayana.
Uruguai: indefinidos.

Participe da conversa!
0