Adversário do Athletico na Copa Sul-Americana 2021, o Aucas, do Equador, registrou casos de Covid-19 no elenco. O clube não informa os nomes dos jogadores infectados, mas segundo a imprensa local, são nove atletas, pelo menos três titulares: Jhonny Quiñónez, Edison Vega e Stiven Tapiero.

Todos estão fora do jogo contra o Furacão devido ao período de isolamento de 14 dias. O clube está preocupado para que não haja uma contaminação maior no elenco. Além dos jogadores infectados, o zagueiro Ángelo Pizzorno está lesionado.

O "Papá", como é conhecido o Aucas, tem o jogo marcado nesta segunda-feira (12) contra o Barcelona de Guayaquil, às 19h (de Brasília).

De acordo com o jornalista Stalin Cobeña, a delegação viajou no domingo com somente oito jogadores na delegação, por via terrestre. O clube tenta enviar mais atletas de avião ainda nesta segunda para compor o grupo comandado pelo técnico argentino Hector Bidogli.

O Aucas ocupa a nona colocação no Campeonato Equatoriano.

+ Confira quanto o Athletico pode ganhar de premiação na Sul-Americana

+ Estreante, altitude e “Rubro-Negro”: saiba mais dos adversários do Furacão

+ A tabela do Furacão na Sul-Americana

Cabeça de chave, o Furacão está no Grupo D e, além do Aucas, vai enfrentar o Melgar (Peru) e o Metropolitanos (Venezuela). A fase de grupos será disputada entre 20 de abril e 27 de maio. A estreia atleticana será na próxima terça-feira (20), contra o Aucas, do Equador, às 21h30, fora de casa. Veja aqui todas as datas.

Participe da conversa!
0