Com um gol e uma assistência nesta quinta-feira (30), na vitória sobre o Peñarol, na Arena da Baixada, o meia-atacante Nikão foi decisivo para levar o Athletico à final da Copa Sul-Americana. Mas com contrato apenas até o fim da temporada e sem intenção de renová-lo, a história do jogador com a camisa do Furacão se aproxima do ponto final.

A última chance de conquistar um título, então, pode ser no próximo dia 20 de novembro, na decisão em Montevidéu, como ele mesmo confirmou.

“Pode ser [a última chance]. Em nenhum momento falei sobre isso, também não é o momento, ainda temos a semifinal contra o Flamengo [pela Copa do Brasil]. No momento devido vou me expressar para todos”, despistou o jogador, que chegou ao CT do Caju em 2015 e foi protagonista de todas as conquistas recentes do clube.

“Fico feliz pelo jogo, principalmente pela classificação à mais uma final do clube que tenho um carinho e um amor muito grande”, enfatizou Nikão, que revelou que jogou com certa limitação por causa de uma lesão no punho e decidiu o gol à tia que o criou, Zélia.

Participe da conversa!
0